em Depoimentos Intercâmbio (Eu Fui)

Curso de inglês na Europa – 3 meses em Malta

A Raquel Durão, 20 anos, do Rio de Janeiro, precisava melhorar o inglês por causa de sua carreira em Gestão Hoteleira. Depois de pesquisar bastante, escolheu fazer um curso de inglês na Europa – e Malta foi o destino. Ela ficou 3 meses estudando na Sprachcaffe e, neste vídeo, contou como foi a experiência:

Por que fazer curso de inglês na Europa

A Raquel explicou que ela precisava desenvolver o inglês, já que estuda Gestão Hoteleira e nessa carreira o idioma é essencial. Após pesquisar opções de destino, decidiu fazer um curso de inglês na Europa – especificamente na Sprachcaffe Malta – durante o período de férias na faculdade. Como não gosta de temperaturas baixas, optou por Malta, que tem clima mais agradável durante o inverno.

Curso de inglês na Europa, na Sprachcaffe Malta

A Raquel comentou que gostou muito da Sprachcaffe Malta e dos professores, mas cita como aspecto negativo o fato de haver certa desorganização em relação aos cursos disponíveis. Por isso, ela dá como dica ficar atento ao curso escolhido e se certificar de que a equipe registrou a sua escolha. A Raquel fez o curso intensivo de inglês, com aulas no período da manhã.

Depoimento detalhado: Intercâmbio Malta na Sprachcaffe
Curso de inglês na Europa, Sprachcaffe Malta | Foto: Raquel Durão/Arquivo Pessoal
Curso de inglês na Europa, Sprachcaffe Malta
Foto: Raquel Durão/Arquivo Pessoal

Pontos positivos em Malta

Para a Raquel, o clima de Malta, com mais sol e menos frio, é um aspecto extremamente positivo. Além disso, ela cita o fato de poder viajar durante o intercâmbio, conhecendo outros países, já que as passagens aéreas são baratas. Durante o curso de inglês na Europa, a Raquel foi a Berlim, Madri, Segóvia, Barcelona, Veneza, Roma, Amsterdam e Roterdã. Como a ilha é pequena, a locomoção é muito fácil e o país é seguro.

Mais: Conheça a vida boêmia de Paceville, Malta
Curso de inglês na Europa, Malta | Foto: Raquel Durão/Arquivo Pessoal
Curso de inglês na Europa, Malta
Foto: Raquel Durão/Arquivo Pessoal

Custo de vida em Malta

O custo de vida em Malta é acessível, com exceção das carnes em geral que são caras. Paga-se pouco por itens como queijos, condimentos, laticínios, massas, chocolates. Cerveja custa 0,90 centavos e vinhos bons saem por 4 euros. Há vários mercados bons.

O ticket para o transporte público custa 1,50 euros e pode ser usado por 2 horas. Se fizer o cartão (como um “Bilhete Único”) o preço cai para 0,75 centavos.

Gastos em Malta – dicas, lugares e preços por quem já foi

Transporte público em Malta

O transporte público em Malta é quase sempre pontual. Todos os pontos de ônibus têm uma “timetable” – listagem dos horários e, na maioria dos casos, os ônibus passam no horário indicado. Mas, a Raquel fez o intercâmbio em Malta durante o inverno, quando a ilha está bem menos cheia. No verão, devido ao elevado número de turistas, o transporte fica mais cheio e menos pontual.

Depoimento: Intercâmbio na Ilha de Gozo, Malta

O que fazer em Malta

Há muito o que fazer em Malta, segundo a Raquel: aquários, praias, restaurantes, boates, festivais são algumas opções. No tempo livre, a Raquel ficava com os amigos, jogava vôlei na escola e explorava ao máximo os cantinhos da ilha. Ela aconselha o bairro de Sliema para compras em lojas como Zara, Bershka, H&M, MAC, NYX.

Pontos turísticos de Malta – 6 lugares imperdíveis
Noite em Malta | Foto: Raquel Durão/Arquivo Pessoal
Noite em Malta
Foto: Raquel Durão/Arquivo Pessoal

Curso de inglês na Europa e inverno em Malta

O inverno em Malta não é, nem de longo, como na maioria dos países da Europa, mas as temperaturas são mais baixas em comparação ao restante do ano. A Raquel fez o intercâmbio de janeiro a abril. Durante o dia, fazia sol e até dava para ir na praia, mas à noite as temperaturas baixavam. Em média, os termômetros marcavam 20 graus durante o dia e 9 graus à noite. Mas, a sensação térmica era sempre mais baixa porque venta demais na ilha. Ou seja, é preciso levar um casaco sempre!

Noite em Malta | Foto: Raquel Durão/Arquivo Pessoal
Noite em Malta
Foto: Raquel Durão/Arquivo Pessoal

Perfil dos alunos da Sprachcaffe Malta

Os alunos da Sprachcaffe Malta estão na faixa etária entre 20 e 30 anos – alguns mais velhos e outros mais novos do que isso. Segundo a Raquel, são todos muito amigáveis e dispostos a aprender. Há turcos, japoneses e muitos brasileiros! Ela dividiu quarto com turcas e fez muita amizade com elas – são pessoas carinhosas e gentis.

Sprachcaffe Malta: tudo sobre a escola

Um curso de inglês na Europa é tudo de bom! Além de Malta, há outros destinos incríveis onde você pode aprender inglês no Velho Continente. Converse com os consultores da Descubra o Mundo e pegue todas as dicas para planejar seu intercâmbio!

Depoimento: 2 em 1! Estudar inglês em Londres e Malta 

Comentários

comentários