em Depoimentos Intercâmbio (Eu Fui)

Intercâmbio Canadá – 3 meses na ILAC Toronto

Vem conhecer a Valéria Lima: ela tem 29 anos, é de São Paulo, e decidiu investir em no sonho antigo de estudar inglês no Canadá. Assim se passaram 3 meses na ILAC Toronto. Ela adorou a escola e a casa de família onde se hospedou.

Veja o vídeo!

Por que quis fazer intercâmbio?

V: Fazer intercâmbio sempre foi um sonho, uma realização pessoal. Fui desligada da empresa onde trabalhava e surgiu a oportunidade. Resolvi aproveitar o momento para realizar esse sonho e dar um upgrade no meu currículo. Eu não contava com esse tempo, mas já que tinha, resolvi aproveitar e me planejar.

Intercâmbio Canadá
Foto: Valéria Lima/Arquivo Pessoal

Intercâmbio Canadá – Como era o seu inglês antes?

V: Eu estudava inglês desde 11 anos de idade, mas sempre interrompia o curso por vários motivos. Nos últimos dois anos optei por aulas particulares. Conseguia compreender e ler textos, mas tinha muita dificuldade para me comunicar porque tinha insegurança para formular as frases.

Depoimento: Inglês para Negócios – curso na EC Toronto

Intercâmbio Canadá – Por que escolheu ir para o Canadá?

V: O Canadá nunca foi minha primeira opção. Pensava em ir para a California. Mas quando comecei as pesquisas, me interessei pelo Canadá pela receptividade, pela multiculturalidade, pela similaridade com o inglês dos Estados Unidos. Toronto me chamou a atenção por parecer São Paulo, que é de onde sou. Nesse meio tempo, houve mudanças no visto canadense e ficou bastante vantajoso entrar no país. A cotação do dólar canadense também é mais atrativa.

Eu me senti muito acolhida em Toronto. A cidade é muito limpa, organizada, estava em um lugar muito bem localizado, perto de tudo. Conseguia ir andando até a escola em 20 minutos. Toronto não é muito grande, é muito bonita e organizada. Tem praia, campo, tudo! Cheguei no final da primavera e, com isso, consegui vivenciar 3 estações.

Documentação: Preenchendo a eTA Canadá para brasileiros

Como estava o clima durante o intercâmbio?

V: Estava muito calor quando cheguei em Toronto. A temperatura beirava 30ºC e tinha que passar protetor para sair de casa. A cidade oferecia muitas coisas nessa época. Logo depois que cheguei começou o outono e vi a troca de folhas. No Brasil essa mudança não é tão intensa. No último mês já estava frio, peguei um pouco de neve, mais ou menos 1ºC de temperatura.

Intercâmbio Canadá
Foto: Valéria Lima/Arquivo Pessoal

Como era a casa de família onde você se hospedou?

V: A casa era muito bem localizada, próximo à Spadina, que é uma das principais estações da cidade. Foi muita sorte. Meu quarto ficava no terceiro andar da casa. Eram dois cachorros na casa e dois idosos: o senhor já era aposentado; e a senhora ainda trabalhava e chega após as 20h. Às vezes conseguia jantar com ela, outras vezes, não. Eram dois quartos na casa para receber estudantes. Uma semana depois de mim chegou outra brasileira, que ficou 1 mês; e depois dela, veio uma canadense que precisava morar no Centro. No último mês, fiquei sozinha.

Inicialmente, eu havia fechado 1 mês para ver se me acostumava com o ambiente. Como fui muito bem recebida, fiquei até o final. Não tive nenhum problema e não posso reclamar de nada. Fazia as refeições (café e jantar) por lá e tinha acesso à cozinha. Eles me deixavam muito livre e me senti como se estivesse na minha casa mesmo.

10 ótimas escolas de inglês em Toronto
Depoimento: Destino Toronto: intercâmbio na ILSC

Intercâmbio Canadá – O que achou da ILAC Toronto?

V: Fiquei maravilhada pela estrutura da ILAC Toronto. São 3 ou 4 prédios e tudo muito bem localizado. É possível transitar de um prédio para outro em pouco tempo. Os professores eram sensacionais e existe a opção de trocar de sala, caso você não se adapte por algum motivo. A metodologia é muito boa e as atividades também. Fiquei muito feliz, inclusive com o desenvolvimento do inglês.

Canadá Brasil: intercâmbio que mais agrada brasileiros
Intercâmbio Canadá
Foto: Valéria Lima/Arquivo Pessoal

Como é o perfil dos alunos da ILAC Toronto?

V: Eu tenho 29 anos. Na ILAC Toronto, estudei com um pessoal bem novo, mas as idades variam. A maioria está entre 19 a 25 anos. De todo o modo, todos foram muito acolhedores e fiz amizade muito fácil com pessoas de toda a parte do mundo. Tive muito contato com asiáticos, turcos, árabes. Conheci pessoas da Grécia, de alguns países menores da Europa.

Estudar inglês no Canadá: razões para você decidir

O que você fazia no seu tempo livre?

V: Havia uma biblioteca pública próxima à ILAC Toronto e eu costumava ir lá fazer as tarefas. Tinha amizade com uma japonesa, com um chinês e com uma síria. Nós passávamos ali umas 2 ou 3 horas diárias. Conversávamos em inglês e tirávamos dúvidas entre nós. Depois, visitava algum parque, algo assim. Eu adquiri o metro pass, que me dava liberdade para passear à vontade.

Intercâmbio Canadá
Foto: Valéria Lima/Arquivo Pessoal
Depoimento: Intercâmbio Canadá – 5 semanas na ILSC Toronto

Como foi o atendimento da Descubra o Mundo?

V: Eu cheguei até Descubra o Mundo pesquisando na internet, quando assisti alguns vídeos de depoimentos. Visitei algumas agências em São Paulo, mais próximas a mim. Os valores estavam super justos comparados a outras cotações. Achei a Descubra o Mundo mais transparente em relação as cobranças. Todo o processo foi a distância, por e-mail ou telefone. A equipe sempre me deu muita atenção, com dicas e mensagens antes mesmo de fechar o intercâmbio.

Intercâmbio Canadá
Foto: Valéria Lima/Arquivo Pessoal

Alguma dica para futuros intercambistas que queiram ir para Toronto?

V: Minha dica é que verifiquem antes o clima porque quando é calor é calor mesmo; e quando é frio é frio mesmo. E nós não temos roupas adequadas para usar lá no inverno rigoroso. Também é bom pesquisar sobre o Canadá, cultura, alimentação, custo de vida. Toronto tem tudo o que precisamos, só é preciso estar preparado para o intercâmbio. Eu pesquisei muito antes de ir, mas no fim vivi o meu momento, com as minhas experiências. Cada um tem um olhar diferente sobre o intercâmbio. Eu amei, não me arrependo e farei de novo sem pensar duas vezes. É muito mágico, até porque a cidade é muito bonita. É muito gostoso vivenciar isso.

O que fazer em Toronto: 11 lugares indispensáveis
Depoimento: Intercâmbio depois dos 50 – aventura de 3 meses no Canadá

Comentários

comentários