em Dicas

10 dicas de quem já fez intercâmbio (e adorou!)

Apesar de o Google ser uma fonte quase inesgotável de informações, é sempre legal receber sugestões de outros intercambistas sobre os lugares que estamos planejando conhecer. Fique ligado nestas dicas de quem foi recentemente (ou ainda está lá) para alguns dos locais oferecidos pelo Descubra o mundo:

Malta

1) Quer fugir dos destinos tradicionais para estudar inglês? Malta é um pequeno arquipélago localizado entre a Europa e a África, e também um dos menores países europeus. Seu tamanho, entretanto, não significa falta de opções para se divertir, como relatam a Sandra e a Priscila. Oferecemos 12 cursos no país.

2) Depois de conhecer as praias magníficas de Malta, siga o exemplo da Mariana: tire vantagem da localização geográfica do país, a menos de 100 km da Sicília, e dê uma esticada até a Itália.

Cambridge

3) Além de sediar uma das universidades mais antigas e tradicionais do mundo, Cambridge oferece um custo de vida mais barato do que Londres, muitos parques e clima universitário. Além disso, fica a apenas 50 minutos de trem da capital inglesa, e se você tem menos de 25 anos, pode utilizar o desconto do cartão de trem (Rail Card). A Ludymila ainda está lá e recomenda.

Bournemouth Jardim Botanico

4) Além da praia, Bournemouth tem uma presença reduzida de brasileiros, caso prefira evitar o contato com seus conterrâneos e priorizar a imersão total na língua inglesa.

5) Mas se preferir se estabelecer na fantástica Londres, uma ótima opção de acomodação são as residências estudantis. A Maria Gabriela sugere a Nido, mas aconselha reservar com antecedência e a verificar com a sua escola se há descontos no período em que você vai viajar.

6) Durante sua permanência em Londres, você certamente utilizará o excelente sistema de transporte público da cidade e a mais antiga rede de metrôs do mundo: fundada em 1863, ela conta com mais de 400 km de extensão e quase 270 estações. Adquira um cartão Oyster, que oferece descontos para estudantes e é integrado com as linhas de ônibus.

London Bikes

7) E quando o tempo permitir, siga outro conselho da Maria Gabriela e substitua o tube (é como eles chamam o metrô) pela bicicleta: elas podem ser alugadas por hora, dia e até semana. O aplicativo London Cycle indica em tempo real se há bikes disponíveis e aonde você pode retirar e devolver as magrelas.

8) Do outro lado do Atlântico, Boston respira história, portanto não perca a oportunidade de enriquecer seu intercâmbio interagindo com a cidade. Boston Common, parque público mais antigo dos Estados Unidos, é ponto de encontro tradicional dos moradores e turistas que passam pela cidade americana. É lá também que inicia o Freedom Trail, caminho de 4 km que segue por 16 pontos históricos relevantes para a Revolução Americana.

9) Ao seguir o Freedom Trail, faça uma parada no Quincy Market, um dos lugares preferidos da Cecilia para almoçar. Localizado no coração da cidade, o mercado abriga mais de 50 lojas e restaurantes e diversas apresentações de artistas de rua.

10) Seguindo a aula de história, a 20 km de Boston fica Salem, famosa por ter sediado dezenas de julgamentos durante o período de caça às bruxas, no século XVII. Por isso, a pequena localidade também atrai milhares de visitantes e turistas durante o Halloween. Para entrar no clima, assista antes o filme As Bruxas de Salém.

Esperamos que tenham gostado das dicas de seus colegas e lembrem-se: quanto mais interagirem com a história e os habitantes do destino que escolherem, mais ricos serão seus intercâmbios!

Comentários

comentários