em Depoimentos Intercâmbio (Eu Fui)

EU FUI: Curso de inglês na EC Cape Town

O Diego Borba, 26, intercambista da Descubra o Mundo, teve o visto canadense negado. E o que ele fez? Fez as malas e partiu para a África do Sul! Foram 4 semanas no curso de inglês na EC Cape Town e, claro: ele amou!

Veja os motivos no vídeo:

Por que fazer intercâmbio

Como todos sabem, existe uma necessidade global de aprender uma segunda língua. Há cerca de dois anos, o Diego sentiu que precisava fazer intercâmbio. Foi quando começou a pesquisar na internet. Inicialmente, pensou no Canadá, mas teve problemas com o visto e, por isso, optou pelo curso de inglês na EC Cape Town.

O Diego trabalha na área comercial de uma empresa, cuja operação está crescendo. É bem provável que o contato com estrangeiros comece a acontecer mais frequentemente e a necessidade de falar inglês só aumenta.

Saiba quais são as principais cidades da África do Sul

Por que decidir pela África do Sul

O Diego teve o visto canadense negado. Depois disso, começou a pesquisar outros destinos com auxílio da Descubra o Mundo. Recebeu indicações sobre Malta, Irlanda e África do Sul, que são países mais acessíveis e menos burocráticos. Ele fez questão, inclusive, de ler e assistir os depoimentos de intercambistas aqui no blog. Foi assim que, por fim, decidiu por fazer um curso de inglês na EC Cape Town, África do Sul, durante suas férias no trabalho (4 semanas).

Depoimento: África do Sul nas férias – intercâmbio em Cape Town

Curso de inglês na EC Cape Town – a escola

Inicialmente, a escola EC Cape Town chamou a atenção pela localização, por estar no centro da cidade. Em segundo lugar, a escola oferecia a residência estudantil como opção de acomodação – e o Diego curtiu bastante!

Segundo ele, a metodologia é incrível e os professores são bons. A infraestrutura é muito boa, toda tecnológica, com lousas digitais conectadas a caixas de som. Há um café da manhã de boas-vindas para os estudantes que acabaram de chegar e no primeiro dia a equipe explica toda a dinâmica da escola.

Um ponto importante: no curso de inglês da EC Cape Town, as aulas podem ser distribuídas entre manhã e tarde – ou seja, o aluno tem aulas variadas ao longo da semana. O Diego escolheu estudar de manhã em três dias, e à tarde em outros dois. Ele comenta que gostou do formato por ter mais flexibilidade nas outras atividades fora da escola.

Mais: EC English School Cape Town, seu melhor destino!
Escolas de inglês em Cape Town, comece pela EC!

Residência estudantil da EC Cape Town

Essa foi uma das melhores partes do intercâmbio, de acordo com o Diego. A residência estudantil da EC Cape Town ficava a 15 minutos da escola de ônibus, no bairro Sea Point, próximo à praia. Moravam 15 pessoas na mesma casa, de diferentes nacionalidades. As tarefas eram divididas e era preciso seguir algumas regras e horários. Mas o pessoal respeitava bastante e tinha o coração aberto para interagir. Eram os momentos ideais para falar e praticar bastante o inglês – mesmo entre alguns brasileiros.

Depoimento: Eu fui estudar inglês em Cape Town e em outras cidades do mundo

Sobre Cape Town

Cape Town tem diferenças sociais, mas é bem diferente do que se diz, pelo o que o Diego contou. A cidade é bem limpa, organizada e tem uma estrutura magnífica. Lembra o Rio de Janeiro, segundo ele, por ser uma cidade grande litorânea.

O Diego aproveitou bastante a natureza de Cape Town. Nos horários livres, ele subia as montanhas, que ficavam próximas à residência, e ia com frequência à praia, admirar o pôr do sol. Ele conta que era praticamente um ritual!

Pôr do sol em Cape Town
Foto: Diego Borba/Arquivo Pessoal

Segurança em Cape Town

Em Cape Town, os brasileiros são muito bem acolhidos pelos sul-africanos. O Diego costumava andar de skate pela cidade, mesmo à noite em alguns locais, e sentia-se seguro. Nunca aconteceu nada. Ele apenas ouviu falar de pequenos furtos, mas não vivenciou nada nesse sentido.

Tudo sobre a África do Sul: suas dores e delícias
África do Sul viagem: 10 dicas para dar tudo certo!
Skate em Cape Town
Foto: Diego Borba/Arquivo Pessoal

Clima em Cape Town

O intercâmbio do Diego rolou em janeiro, em pleno verão e alta temporada. Apesar do calor, de 25 a 30 graus, venta muito em Cape Town. Por isso, a sensação térmica é mais baixa. No último dia de intercâmbio, o Diego pegou chuva, mas mesmo assim, a temperatura se manteve amena. O clima em Cape Town é parecido com o do Brasil, mas mais agradável por causa do vento.

Temperatura África do Sul: ideal para quem quer diversão

Aprendizado no curso de inglês na EC Cape Town

O Diego chegou na África do Sul sabendo o básico de inglês. Ele até fez aulas particulares no Brasil antes de embarcar. Para ele, os dois primeiros dias foram de assimilação, mas logo depois já conseguiu se comunicar tranquilamente. Mesmo entre os brasileiros, tinha o hábito de falar em inglês. O curso de inglês na EC Cape Town e toda a vivência do intercâmbio fez com que ele se acostumasse com a língua e perdesse o medo de falar.

Por tudo isso, ele recomenda fortemente o destino. Mesmo que não seja por um longo período, vale a pena. “Não tem preço”, ele diz.

Veja mais: Curso de inglês em Cape Town: conheça 3 grandes escolas
Intercâmbio em Cape Town, África do Sul
Foto: Diego Borba/Arquivo Pessoal

Atendimento da agência Descubra o Mundo

O Diego chegou até a Descubra o Mundo pesquisando sobre intercâmbios na internet. Ele contatou várias agências, mas de início, o atendimento online da Descubra o Mundo chamou mais a atenção dele porque nem sempre tinha tempo de ir pessoalmente nos estabelecimentos. Com isso, se comunicava com a equipe pela internet e sempre teve atenção, recebendo informações e dicas.

10 dicas de turismo na África do Sul durante o verão

E aí, animou? Vem pra Descubra o Mundo curtir um intercâmbio na África do Sul como o Diego!

Comentários

comentários