em Malta

Roteiro para Malta 7 dias: inesquecível!

Malta é um país bem pequenino localizado no continente europeu. Tão pequeno que muita gente nem sabe que existe ou acha que faz parte da Itália. Na verdade, ele se encontra muito perto da Itália a aproximadamente 92 km da Sicília.

Malta é um arquipélago do mar Mediterrâneo e os seus idiomas oficiais são o maltês e inglês.

Durante uma viagem ao país, não se pode deixar de visitar a capital, Valleta, aproveitar o melhor de suas belas praias, castelos, igrejas, a vida noturna e a e pitoresca e excelente gastronomia.

A sua cultura é muito rica, isso porquê a sua localização estratégica no meio do Mar Mediterrâneo fez com que seus costumes fossem influenciados por diversos povos que a dominaram. Árabes, franceses, italianos e ingleses, formando algo único e muito especial, visível inclusive nas construções e nos hábitos da população local.

O importante é montar um roteiro para Malta antes de embarcar. Por isso, nós preparamos um bem completo, confira mais adiante!

E se você quer aproveitar ao máximo sua viagem, que tal adicionar um intercâmbio de inglês e aprender esse idioma depois dessa agradável semana de turismo?

Intercâmbio Malta 728x90

Veja mais: Turismo em Malta, 3 coisas que você não pode deixar de fazer

Quando visitar Malta

A melhor  época do ano para visitar Malta é a primavera, que acontece de março a junho, por conta do clima ameno.

Para os amantes do calor, o ideal é ir no verão, de junho a agosto e aproveitar bem as lindas praias. Os dias ensolarados vão ser uma ótima desculpa para não sair da água.

Preparamos um roteiro para Malta de 7 dias, para que você esteja preparado para conhecer tudo e se apaixonar por este lugar tão especial.

Mas antes de conferir nossas dicas, que tal ouvir quais os melhores lugares para visitar em Malta diretamente de quem esteve morando por lá durante 3 meses?

Acompanhe:

Roteiro de 7 dias em Malta

O ideal para conhecer todos os atrativos da ilha é ficar por volta de uma semana por lá.

Por isso, montamos um roteiro de 7 dias em Malta para você conhecer  suas praias, salinas, cidades históricas, construções e paisagens.

Antes de prosseguir em seu roteiro, que tal coletar alguns destes mapas da Ilha de Malta?

Todos os mapas da Ilha de Malta: localização e turismo

Dia 1

Vale à pena dedicar um tempinho especial dentro do seu roteiro para Malta na capital do arquipélago, Valletta.

Percorra as ruas do centro histórico da cidade e no caminho conheça a belíssima catedral de São João, os jardins de Lower Barrakka e ainda separe um tempo para visitar o Museu do Brinquedo de Valletta, obra de um colecionador independente.

Dia 2

Conheça Hipogeu, Tarxien e Marsaxlokk.

O Hipogeu é o único templo subterrâneo pré-histórico conhecido, do qual se julga ter sido primeiro um santuário e posteriormente convertido em cimitério.

Como o templo fica muito próximo do templo Tarxien, aproveite também para conhecer este outro monumento antes de ir até à pitoresca aldeia de pescadores de Marsaxlokk.

Pontos turísticos de Malta. 6 lugares imperdíveis

Dia 3

A ilha de Gozo também é um dos lugares pelos quais vale à pena reservar um dia especial no roteiro de Malta.

Não muito distante da ilha central, Gozo é a segunda maior ilha de Malta. Para chegar até ela será preciso fazer um belo passeio de barco, muito agradável, por sinal.

As dicas do que visitar em Gozo incluem o centro histórico de Victoria, as famosas salinas de Marsalforn e, sem dúvida, o impressionante Templo Ggantija.

Para finalizar o dia com perfeição, não deixe de visitar (antes do sol se pôr) a encantadora Lagoa Azul, que fica em Comino.

De águas rasas e revelando em cada canto um tom de azul diferente, é uma paisagem que não sairá de sua mente por muito tempo.

Dias 4 e 5

A dica é aproveitar para conhecer Mdina, Rabat e os famosos templos megalíticos.

Mdina é um dos últimos exemplos de uma cidade cujos muros ancestrais ainda estão de pé. E esse é só um dos detalhes da arquitetura da cidade, que mistura o medieval com o barroco.

Rabat fica próxima de Mdina e também apresenta uma riqueza histórica impressionante.

Ao passear por lá, deve constar em seu roteiro: a Villa Romana, as catacumbas, a Gruta de São Paulo, os sítios arqueológicos e as muitas igrejas da cidade.

Veja também: Dicas de bares e baladas em Malta

Dia 6

Visitar Malta e não conhecer suas praias é algo impensável. As mais badaladas são as de Golden Bay e de Għajn Tuffieħa.

Quem procura belas praias de areia e o conforto de hotéis de luxo, deve se dirigir para o norte.

Quem quer um pouco mais agito, baladas e boa comida, deve preferir as praias de Għajn Tuffieħa e as da Baía de Mellieħa e da Baía Dourada.

Dia 7

No último dia do seu roteiro em Malta vale a pena relaxar e conhecer alguns de seus museus históricos, antes de pegar seu voo de volta.

Em Valetta a lista é enorme, pense em algum destes:

  • As salas de guerra de Lascaris
  • Museu Postal de Malta
  • Centre de Fortificações (Fortifications Interpretation Center)
  • Forte Rinella
  • Forte St. Elmo – Museu Nacional da Guerra
  • Museu Nacional de Arqueologia
  • Ordem dos Hospitalários

Só tome cuidado para não se maravilhar tanto com esses museus de Malta e acabar perdendo o voo!

Veja também: TOP 10 lugares para visitar em Sliema, Malta

Quer saber realmente tudo sobre malta?

Então, acompanhe este Webinar com as melhores dicas para quem quer viajar e fazer um intercâmbio de inglês em malta:

Ainda em dúvida? Então confira estes depoimentos de quem esteve por lá fazendo intercâmbio e amou:

Intercâmbio na praia: 10 semanas em Malta

Comentários

comentários