em Intercâmbio

Tudo que você precisa saber sobre financiamento para estudantes

Garantir uma boa instituição de ensino superior é o sonho da maioria dos jovens. Porém, um grande obstáculo entre a universidade e o estudante é o alto custo.

Isso complica ainda mais se a meta é estudar no exterior. Mas esse desejo não precisa ficar de lado. Existem várias opções de financiamento para estudantes, dentro e fora do país.

Para tirar esse plano do papel, saiba mais sobre quais são as fundações que apoiam o aluno, opções bancárias e as modalidades de bolsa de estudos que podem ser solicitadas.

Veja diversas dicas de como fazer isso nesta postagem.

Já pensou em fazer um intercâmbio no exterior? Pode ser mais barato do que você imagina!

Intercâmbio Institucional 728x90

Saiba mais: Financiamento para intercâmbio: conquiste o seu!

3 dicas de financiamento para estudantes

Se você não tem orçamento particular para financiar seus estudos, confira as outras duas excelentes dicas: Financiamento para Estudantes e Bolsas de Estudos.

1- Orçamento particular

Uma forma de financiar os estudos, seja no Brasil ou no exterior, é contar com orçamento particular.

Essa é uma opção para quem deseja pagar pelos próprios estudos sem ter que fazer um financiamento para estudantes, seja com programas governamentais ou instituições bancárias.

Nesse caso, o aluno pode optar por utilizar as seguintes formas:

Financiamento familiar

O estudante conta com a ajuda da própria família, que oferece o valor total ou uma entrada para garantir seus estudos.

Há pais que economizam por anos para financiar o ensino superior dos filhos. Essa prática é mais comum fora do Brasil.

Orçamento próprio

Para contar com o orçamento próprio, o aluno acaba poupando o valor que precisa para estudar no exterior ou no próprio país. Dependendo do montante, contar com o orçamento próprio pode levar alguns anos.

Trabalho

Há também os estudantes que optam por continuarem os estudos enquanto estão em um trabalho. Para isso, estudam a noite e trabalham de dia.

Algumas empresas oferecem bolsas de estudos para garantir a educação continuada dos seus funcionários.

Veja também: Intercâmbio e trabalho no exterior: quer melhor que isso?

2- Financiamento para estudantes

A alternativa para financiar os estudos recebe vários nomes, como:

  • empréstimo universitário,
  • crédito estudantil,
  • crédito universitário,
  • crédito para estudantes,
  • financiamento para estudantes
  • ou crédito educativo.

Todos esses títulos dizem a mesma coisa. Seria um empréstimo feito pelo banco para que o aluno conclua seus estudos.

O financiamento para estudantes é melhor do que outros tipos de crédito como crédito direto ao consumidor (CDC) ou cheque especial. Isso porque as taxas do crédito estudantil são mais leves e o prazo é negociável.

Além disso, diversas universidades estão conveniadas a instituições financeiras que podem oferecer boas condições para conseguir o empréstimo universitário.

Para isso, sempre é bom realizar pesquisas com a própria faculdade e também fazer uma consulta aos bancos.

Como funciona o FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é uma opção para conseguir o crédito universitário dentro do país.

E é uma grande chance porque o estudante apenas realiza o pagamento após a conclusão do seu curso. Porém, em alguns tipos de financiamento para estudantes privado o aluno paga um valor mensal ao banco.

Com isso é fundamental analisar várias instituições financeiras antes de assinar o contrato.

Confira: Precisa de curso de idiomas online gratuitos com certificado? Veja as melhores opções

3. Bolsas de Estudos

Existem três maneiras para conseguir uma bolsa de estudos, que são:

  • pela própria universidade,
  • com a ajuda de instituições sem fins lucrativos
  • e as bolsas como as do governo.

Entenda mais cada uma delas:

Bolsas pela universidade

As bolsas de estudos disponibilizadas pela própria instituição de ensino em geral são por mérito ou devido às condições financeiras.

Esses programas são oferecidos no Brasil e no exterior. Para conseguir essa modalidade, o aluno deve entrar em contato com a universidade e ficar atento aos planos oferecidos.

Para saber sobre bolsas no exterior, é só consultar o NAFSA, que reúne várias opções.

Bolsas por instituições beneficentes

Já, as oportunidades vindas de instituições beneficentes são voltadas para apoio de estudantes com potencial.

Para estudos no exterior, a Fundação Estudar, oferece ajuda para que os alunos realizem um tempo de estudos fora ou façam parte de pesquisas em outros países.

Bolsas por programas governamentais

Há também outra opção, que seriam as bolsas ofertadas pelos governos. A intenção é captar talentos para as faculdades que depois possam ser destaque no mercado de trabalho.

No Brasil o estudante conta com o Programa Universidade para Todos (Prouni). São ofertadas bolsas de até 100% em universidades particulares em todo o país.

A melhor opção para financiar os estudos

Contar com um financiamento para estudantes é mais fácil quando se sabe por onde começar.

Agora você já sabe algumas formas para custear seus estudos no Brasil ou fazer intercâmbio em outros países.

Com isso, a alternativa mais indicada deve ser escolhida por você por meio de uma análise sincera sobre seu orçamento. Corra atrás do seu sonho de cursar o ensino superior e garanta ótimas chances no mercado de trabalho.

Veja também: Guia Completo de intercâmbio de Trabalho

Já pensou em fazer um intercâmbio de estudo e trabalho no exterior? Baixe nosso e-book e saiba tudo sobre esse assunto:

Veja mais detalhes sobre intercâmbio de estudo e trabalho:

Comentários

comentários