em Inglaterra

Intercâmbio: Descubra Cambridge e Oxford

Isaac Newton, Erasmo de Roterdam, Lord Byron, Francis Bacon, James Watson e Charles Darwin. Todos eles já passaram por Cambridge. Inacreditável? Não, já que estamos falando de uma cidade que abriga uma universidade de mais de 800 anos. Sim, a Universidade de Cambridge surgiu quase 300 anos antes da descoberta do Brasil (!) e seus fundadores eram ex-alunos da quase-irmã Universidade de Oxford, que leva o título de mais antiga da Inglaterra.

Conheça Cambridge e Oxford, duas grandes cidades universitárias

As universidades de Cambridge e Oxford são instituições muito parecidas no que diz respeito à tradição, cultura, ensino, organização e até mesmo à arquitetura, estampada em prédios que mais parecem castelos – e não é exagero, parecem mesmo!

As duas também se organizam em espécies de “cooperativas de escolas”, os chamados colleges, que podem ser comparados aos institutos no Brasil. Mas lá, cada um tem um perfil diferente: alguns mais liberais, outros mais conservadores, focados em determinadas áreas do conhecimento ou não. Elas são as únicas universidades no mundo organizadas nesse modelo. Em Cambridge, são 31 colleges ao todo; em Oxford, 39. Ao chegar nas cidades, o turista menos informado pode perguntar onde é o campus. A resposta? Everywhere. Os prédios e institutos estão espalhados pelas cidades.

Bom, já deu para perceber que é impossível falar de Cambridge e Oxford sem citar as universidades. As histórias se unem e se misturam numa relação encantadora de interdependência. E que tal aproveitar esse clima único em um intercâmbio? As duas cidades estão mais do que acostumadas a receber estudantes de fora e, por isso, excelentes escolas de idiomas estão instaladas por lá. Veja abaixo alguns detalhes de cada uma delas. 

Conheça 7 motivos para fazer um intercâmbio na Inglaterra

A cidade de Cambridge

A menos de uma hora de trem de Londres, um ambiente medieval incrível dá a sensação de que estamos no século 18 ou 19. Cortada pelo Rio Cam, Cambridge é cercada de áreas verdes e cantinhos quase secretos. Durante o verão, nos dias mais quentes, gôndolas pilotadas por estudantes da universidade ficam à disposição de turistas: é o chamado punting.

Punting pelo Rio Cam | Cambridge, Inglaterra | Foto: Geoff Robinson Photography |Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?
Punting pelo Rio Cam
Cambridge, Inglaterra
Foto: Geoff Robinson Photography
Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?

Durante o passeio pelo rio, você passará pela Ponte dos Suspiros – uma cópia da ponte coberta localizada originalmente em Veneza, Itália – e pela Ponte da Matemática. Reza a lenda (e é só lenda mesmo!) que a estrutura de madeira foi construída por Isaac Newton, sem a utilização de parafusos. Nos dias ensolarados, grupos de amigos se encontram nos parques, praças e gramados à beira-rio para conversarem ao ar livre.

A qualquer hora do dia, você verá grupos de jovens perambulando pelas ruas – alguns, visivelmente atrasados para a aula e, outros, sem pressa, aproveitando o tempo livre. A mistura de sotaques e idiomas dá um ar cosmopolita ao cenário quase bucólico, de ruas estreitas e prédios de pedra. É no centro que tudo acontece e onde se concentra a maioria dos colleges.

Faça seu intercâmbio na universidade de Cambridge com a Descubra o Mundo.

Os colleges mais famosos são o Trinity, Queens, Saint John e, como não poderia deixar de ser, o King, que ocupa um lugar privilegiado na paisagem do município. Apenas guias oficialmente cadastrados têm permissão para levar grupos até as áreas internas dos colleges. Eles contam curiosidades e falam mais sobre os gênios que frequentaram aqueles corredores. Em épocas de provas, os colleges ficam fechados para visitas.

King's College | Cambridge, Inglaterra |Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?
King’s College
Cambridge, Inglaterra
Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?

A cerca de 200 metros do King’s College, é possível avistar as instalações do Fitzwilliam Museum, que também faz parte da universidade. Fundado em 1848, o espaço recebe exposições temporárias e possui um acervo comparado ao do British Museum, em Londres, devido a sua abrangência histórica.

Durante o intercâmbio em Cambridge, fique de olho sempre na programação do The Cambridge Corn Exchange. O teatro é um dos mais importantes da região e tem na agenda musicais, comédias, óperas, balés e concertos de música.

6 filmes que você tem que assistir antes de fazer um intercâmbio na Inglaterra

E falando em entretenimento, por se tratar de uma cidade universitária, há sempre uma festinha ou outra rolando, além dos tradicionais pubs quase sempre cheios. Já falamos aqui sobre o The Eagle, mas há outros bastante tradicionais, como o Pickerel. As baladas começam tarde, mais ou menos no estilo brasileiro, por volta das 23, 24h. Mas são mais curtas e acabam bem mais cedo, perto das 3h da manhã. É comum ir para a balada a pé ou de bicicleta mesmo, sem medo de ser feliz (reflexo da segurança da cidade)!

Esse hábito vale também durante o dia, por toda a cidade de Cambridge, devido ao tamanho e à geografia favorável (a cidade é super plana). Caminhando chega-se a quase todos os lugares. As bicicletas invadem as avenidas nos horários de pico. Para facilitar, as ruas são equipadas com ciclofaixas e estacionamentos. Atenção: ciclistas, de qualquer nacionalidade, também podem ser multados se desrespeitarem as regras de trânsito – como andar pela calçada ou ultrapassar semáforos vermelhos.

Apesar de pequena, a cidade de Cambridge tem vários restaurantes que vão da comida mexicana à francesa. É verdade que não é barato comer fora na cidade, que – não se engane! – praticamente segue padrões londrinos de custo de vida, mas algumas experiências valem a pena. Jamie Oliver, famoso chef britânico, é dono de um estabelecimento no centro, o Jamie’s Italian.

Para quem busca algo menos requintado durante um intercâmbio em Cambridge, basta ir aos domingos à Market Square: a feira ao ar livre exibe comidinhas caseiras que dão água na boca. Restaurantes universitários, próximos às faculdades, oferecem também opções mais baratas. Alguns locais dão descontos para quem apresenta a carteirinha de estudante da escola.

Assim como Oxford, Cambridge também é encantadora, intelectual, histórica e vibrante.  Descubra Cambridge. Imagine você em um intercâmbio em Cambridge!

Market Square | Cambridge, Inglaterra | Foto: Lines of Escape |Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?
Market Square
Cambridge, Inglaterra
Foto: Lines of Escape
Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?

O que você precisa saber sobre a cidade de Cambridge?

  • Fica a menos de 1 hora de trem de Londres
  • É cortada pelo Rio Cam, que é usado para a prática do punting 
  • É uma cidade universitária tradicionalíssima há mais de 800 anos (!)
  • Os prédios (colleges) da Universidade de Cambridge estão espalhados pela cidade

O que fazer em Cambridge?

  • Relaxar nas áreas verdes, de preferência, com uma vista para o rio
  • Passear pelo centrinho histórico
  • Visitar os colleges mais famosos:  Trinity, Queens, Saint John e King
  • Ir aos domingos à  Market Square

Motivos para fazer intercâmbio em Cambridge

  • Grandes intelectuais estudaram e moraram na cidade
  • É possível se locomover com segurança a pé ou de bicicletas
  • Estudantes têm descontos em restaurantes e comércios
  • A cidade tem um clima universitário incrível, nas ruas, nos pubs históricos e nas festas

A cidade de Oxford

Em três palavras: universidade, Harry Potter e Radiohead.

Obviamente que a cidade não se resume a isso, mas é impossível falar dela sem citar a renomadíssima Universidade de Oxford, os filmes de Harry Potter e a banda inglesa Radiohead, formada na cidade em 1985.

Universidade de Oxford | Oxford, Inglaterra |Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?
Universidade de Oxford
Oxford, Inglaterra
Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?

Assim como a cidade de Cambridge, Oxford também fica a 50 minutos de trem de Londres e gira em torno da universidade, dos eventos e acontecimentos ligados a ela. A Universidade de Oxford orgulha-se de ser a mais antiga do mundo em língua inglesa, com mais de 915 anos de existência. Na sua história, alguns alunos ilustres, como Bill Clinton, Tony Blair, Edmund Halley (sim, o do cometa!) e uma safra de escritores notáveis como Oscar Wilde, J. R. R. Tolkien (‘O Senhor dos Anéis’ e ‘O Hobbit’) e Lewis Carroll (‘Alice no País das Maravilhas’).

Os colleges mais atraentes são o New, o Magdalen e, claro, o Christ Church, onde fica a famosa sala de jantar de Hogwarts, que aparece diversas vezes nos filmes de Harry Potter.

Christ Church College: locação dos filmes de Harry Potter | Oxford, Inglaterra |Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?
Christ Church College: locação dos filmes de Harry Potter
Oxford, Inglaterra
Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?

Localizado no centro histórico, o prédio enorme ocupa um quarteirão inteiro – impossível não notá-lo. No topo da torre é possível ter uma vista linda da cidade universitária. Assim como em Cambridge, em Oxford os horários de visitação às áreas internas também são restritos. É preciso atenção e um pouquinho de sorte.

A Bodleian Library, pertencente à universidade, é uma das bibliotecas mais antigas do mundo, que abriu as portas aos acadêmicos em 1602. O local também aparece em Harry Potter. Dois ambientes foram usados como locação: a sala de leitura, representando a biblioteca, e a Divinity School, uma sala construída em 1488 que serviu como a enfermaria. Estima-se que a biblioteca tenha mais de 7 milhões de itens catalogados.

Faça seu intercâmbio na universidade de Oxford com a Descubra o Mundo.

O Museu Ashmolean, localizado perto da St. John’s College, na Beaumont Street, foi o primeiro museu público do mundo, inaugurado em 1683. Atualmente, permanece como um dos mais importantes museus de arte e arqueologia da Grã-Bretanha.

Em comum com a capital Londres, o clima em Oxford é quase sempre nublado e o inverno, gelado. Assim, é compreensível de onde veio o astral deprê dos primeiros discos do Radiohead. Aliás, os intercambistas que escolhem a cidade como destino têm a oportunidade de conhecer a Jericho Tavern, o pub onde o conjunto fez a primeira apresentação ainda com o nome de ‘On a Friday’. O restaurante Browns também atrai fãs da banda, que querem se sentar nas mesmas mesas limpadas pelo guitarrista Ed O’Brien, que já trabalhou como garçom no estabelecimento.

No centro da cidade, mais precisamente na George Street e Magdalen Street, encontram-se alguns dos bares mais populares frequentados pelos estudantes universitários. Locais diferentes e alternativos podem ser explorados no bairro boêmio Jericho. Os pubs mais tradicionais são o King’s Arms, o Turf Tavern, o White Horse e The Eagle and Child, já citado neste post. Em relação às baladas, o Po-Na-Na Souk Bar e a Old Fire Station mandam bem em música eletrônica.

Nos restaurantes locais, fish & chips reinam, assim como a torta de carne. Mas Oxford oferece várias opções de restaurantes internacionais, incluindo os exóticos libaneses, tailandeses e indianos. Conheça também o Covered Market, um mercadão fechado criado em 1772. Hoje, é um dos locais preferidos dos estudantes para tomar café da manhã ou fazer um lanche rápido.

Com pouco mais de 134 mil habitantes, e maior que a vizinha-rival Cambridge, Oxford ainda é pequena em comparação a outras cidades inglesas. Sendo assim, revela-se uma cidade prática e agradável. Tudo é muito perto e pode-se chegar aos principais pontos de bicicleta ou de ônibus.

Quem gosta de programação cultural deve ficar atento ao calendário de espetáculos do Oxford Playhouse, do New Theater Oxford, e do aconchegante Pegasus Theater. No Sheldoniano Theatre são realizados concertos e eventos universitários, além das formaturas dos alunos. Outro destaque é o calendário da cidade, que inclui eventos como a Festa Literária, o Festival de Jazz e o Festival de Música de Câmara.

A menos de 20 km de Oxford, em Woodstock, está o incrível Blenheim Palace. A construção, de 1705, é considerada uma das mais belas residências barrocas do país. Durante um intercâmbio em Oxford, não deixe de programar uma visita ao local onde nasceu o antigo primeiro-ministro Sir Winston Churchill.

Poucos sabem, mas Oxford é uma cidade apaixonada por futebol. O modesto Oxford United disputa a terceira divisão inglesa, mas seu Kassam Stadium, localizado a dez minutos de carro do centro, deixaria muitos brasileiros com inveja. Quem não vai ao estádio, costuma acompanhar o desempenho da equipe pelas televisões dos pubs. Futebol, cerveja e um banho de atmosfera universitária. Descubra Oxford.

Oxford, Inglaterra | Foto: Paradise in The World |Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?
Oxford, Inglaterra
Foto: Paradise in The World
Onde fazer intercâmbio: Cambridge ou Oxford?

O que você precisa saber sobre a cidade de Oxford?

  • Oxford assim como Cambridge, gira em torno da universidade
  • A Universidade de Oxford é a mais antiga do mundo em língua inglesa
  • A cidade fica a 50 minutos de trem de Londres
  • A banda Radiohead foi formada lá, onde também foram gravadas cenas do filme Harry Potter

O que fazer em Oxford?

  • Conhecer os principais colleges: New, Magdalen e Christ Church
  • Visitar algumas das locações do filme Harry Potter
  • Comer no Covered Market
  • Assistir a espetáculos no Oxford Playhouse, New Theater Oxford, Pegasus Theater ou no Sheldoniano Theatre
  • Ver um jogo de futebol do Oxford United no Kassam Stadium

Motivos para fazer intercâmbio em Oxford

  • É uma cidade tradicional, histórica e linda
  • Há várias opções animadas de pubs e baladas universitárias
  • O calendário anual tem eventos bacanas, como Festa Literária, Festival de Jazz e Festival de Música de Câmara
  • É pertinho de Londres e de outras cidades turísticas da Inglaterra
 Veja também: 10 comidas típicas da Inglaterra que você precisa conhecer

E aí? Gostou das dicas de Cambridge e Oxford? Qual das cidades você acha mais interessante?

Comentários

comentários