em Depoimentos Intercâmbio (Eu Fui)

Malta para estudar inglês: 3 meses na Ace English

Malta para estudar inglês: esse é o destino para quem quer aprimorar o idioma em um lugar paradisíaco, animado e cheio de surpresas! A Amanda Ortega, 22, estudante de engenharia, mora em Araraquara (SP). Ela decidiu investir em um intercâmbio em Malta depois de não passar em um processo seletivo por causa do inglês.

Quem aí já passou por isso também? Veja o resultado da experiência:

Por que decidiu investir em um intercâmbio?

Eu decidi fazer um intercâmbio depois que perdi uma oportunidade incrível de trabalho, por não falar inglês, em uma empresa dos sonhos e na minha área – engenharia de produção. Ficou clara a importância do inglês na minha vida profissional e pessoal. Esse ocorrido foi o meu motivacional para investir e aprender o inglês.

Depoimento: Curso de inglês em Malta – 30 dias na Ace English Malta

Malta para estudar inglês: por que escolheu esse destino?

Depois de algumas pesquisas fui por eliminação: Inglaterra é caríssima, Austrália e Nova Zelândia não ficam atrás; na Irlanda, há muitos brasileiros. E aí, procurando por opções, achei Malta. Fui pesquisar melhor e fiquei encantada com o lugar. Pra finalizar, descobri que Malta é dos países mais baratos da Europa! Mais um ponto decisivo, já que economia é sempre o meu foco.

Vocês podem imaginar que não foi nem um pouco difícil tomar a decisão de ir para Malta para estudar inglês, né? E o mais bacana é que o país consegue ser ao mesmo tempo minúsculo e grandioso! O arquipélago é formado por três ilhas: Malta (a maior delas), Gozo e Comino, além de outras ilhotas não habitadas.

Além, das belas praias de águas azuis, tem paisagens maravilhosas, monumentos históricos protegidos pela Unesco, muita cultura, cidades fofas, sem falar na vida noturna agitada. Ou seja, tudo o que eu mais gosto reunido em um só lugar! ​

Passeio com a escola Ace English Malta | Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal
Passeio com a escola Ace English Malta
Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal

“Malta é tudo aquilo que eu imaginava e muito mais. Impossível não amar e não morrer de ​saudades ​também!”

– Amanda Ortega, intercambista DMI

Depoimento: Intercâmbio na Europa – “dobradinha” Malta e Valência

Onde se hospedar em Malta: qual foi a sua escolha?

Apesar de ser um país minúsculo, escolher bem onde se hospedar em Malta é essencial! A ilha é pequena e as atrações estão espalhadas por praticamente toda sua extensão, mas o mesmo não acontece com a infraestrutura de hospedagem e diversão, que estão concentrados em algumas poucas áreas. A principal delas, o eixo Saint Julian’s – ­ Sliema – Valletta, é a área mais turística de Malta.

St. Julian's, Malta | Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal
St. Julian’s, Malta
Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal

Resolvi, procurar hospedagem por fora, no eixo Saint Julian’s. Os preços, embora bem salgadinhos (euro, né?), já eram mais em conta. Depois de muita pesquisa, decidi alugar um apartamento pelo Airbnb. Como eu estava acompanhada pelo meu esposo, foi a melhor opção em privacidade e custo-beneficio. Eu achei ótimo, pois o apartamento era bem localizado, apenas 15 minutos andando até a escola de inglês. Recomendo. Para mim, foi a melhor opção.

Cite pontos positivos e negativos de Malta.

Quem acompanhou meu intercâmbio para Malta pôde ver o quanto me apaixonei pelo país. Gostei tanto, que nem queria ir embora. Apesar do país ser minúsculo, tem muita, mas muita coisa para ver e fazer por lá. Os pontos positivos de Malta são os vários lugares interessantes a serem visitados e a segurança. Juro que fiquei refletindo, mas não consegui achar algum ponto negativo em Malta. Acredito que o mais difícil é ficar longe da família e isso gera muitas saudades!

O que recomendo fazer em Malta: Conhecer as belezas das praias maltesas, com destaque especial para as águas transparentes da Blue Lagoon, em Comino; Passear pela charmosa capital Valleta, um museu a céu aberto. Sentir-se num set de filmagem em Mdina, uma cidade medieval; Passar a manhã de domingo fazendo compras na feira de Marsaxlokk; Experimentar delícias da culinária maltesa e conhecer as tradições e costumes dos malteses em uma festa local.

Paisagens em Malta | Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal
Paisagens em Malta
Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal
Cidades turísticas de Malta: saiba tudo sobre Valletta, Gozo e Comino

Como é o custo de vida em Malta?

O custo de vida em Malta não é alto, ou melhor dizendo: não é mais alto que no Brasil,   muito menos que do restante da Europa. Mas, sinceramente, depende do seu estilo de vida. Alguns exemplos:

– Compras do dia a dia em Malta:​ Apesar de existir supermercados da rede Carrefour por lá, eu não conheci nenhum hipermercado (daqueles enormes que temos por aqui) que vende roupa, eletrodomésticos, comida, etc. Mas, mesmo assim, nos supermercados você encontra boas promoções. Geralmente, eu aproveitava ofertas do dia ou da semana.

– Custo com transporte em Malta: ​Para ir a praticamente todas as atrações turísticas e para a maioria das praias, era preciso pegar ônibus. E,apesar dos motoristas sem ­educação, do trânsito meio louco (o que é aquela “mão inglesa”, gente?), eles são baratos. O ticket custa €1,50 e vale o dia todo. No ônibus, tem ​insufilm e ar condicionado (ou seja, você não morre torrado com o sol lá de fora) e os bancos são confortáveis. Sem falar que a vista da janela é sempre linda. Ou você está admirando as praias ou as belas construções maltesas e nem vê o tempo passar direito!

Gastos em Malta: dicas, lugares e preços por quem já foi

O que costumava fazer no seu tempo livre?

Minha rotina era tão boa porque, além do lugar ser incrível, eu também conheci muita gente bacana! E isso é até uma coisa engraçada: completos desconhecidos acabam se tornando, meio que da noite pro dia, seu “amigos de infância”. É tudo muito rápido e intenso! A gente acaba convivendo muito tempo com as mesmas pessoas e, consequentemente, compartilhando todas as descobertas, alegrias, dúvidas e apreensões! Eu acredito que algumas amizades conseguirão resistir à distância e ao tempo!

Passeio com a escola Ace English Malta | Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal
Passeio com a escola Ace English Malta
Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal

Meu restaurante favorito em Malta é o Bianco’s – ​simplesmente divino! Desde os pratos aos funcionários. E o valor de uma refeição era de 8 a 15 euros. Para comer o melhor lanche da sua vida, só ir ao Badass Burgers e apreciar um delicioso lanche com batata frita e coca-cola por 12 euros!

Dicas de restaurantes em Malta
Conheça a vida boêmia de Paceville, Malta
Dicas de bares e baladas em Malta

Como é o clima de Malta?

A Ilha de Malta é o lugar ideal para fugir do invernão do norte da Europa! São 300 dias de sol durante o ano. É sol pra caramba, hein?! Apesar do sol dar o ar da graça quase o ano todo, isso não significa que dá praia. O clima de Malta é Mediterrâneo Subtropical com verões quentes e invernos amenos. O inverno tem temperaturas agradáveis (15°C até 25°C).

10 motivos para fazer intercâmbio em Malta durante o verão

Qual é a sua opinião sobre a escola Ace English Malta?

Fiz o curso intensivo de inglês com 30 aulas semanais. A localização da Ace English Malta é ótima, perto de bares e restaurantes. A escola fica no último andar de um mini shopping. As salas são equipadas com lousa eletrônica, ar condicionado, aquecimento, muita luz natural. No geral, ok. Os professores são ótimos! Uns amores! Aprendi muito com eles.

Ace English Malta | Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal
Ace English Malta
Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal
Conheça a escola Ace English Malta

Qual é o perfil dos intercambistas de Malta?

Grande variedade cultural e não tem muitos brasileiros, comparado a outros países.

Depoimento: Como é Malta? Intercâmbio na ESE Malta

Como você avalia a sua evolução durante o intercâmbio?

Vontade de aprender + determinação + estudo em casa = voltei falando inglês no último nível da escola. Ou seja, em uma próxima entrevista de emprego eu não perderei a oportunidade! Hoje falo inglês sem nenhuma dificuldade e continuo estudando para melhorar sempre!

Depoimento: Estudar inglês em Malta – 4 semanas na LAL Malta

Como foi o atendimento da agência Descubra o Mundo?

Sempre fui muito bem atendida na Descubra o Mundo. Recomendaria a agência por que me transmitiu responsabilidade, confiança e deu suporte em toda a duração do intercâmbio – antes e depois também.

“Voltei de lá chorando!! Chorei não só pela tristeza de estar ir embora e de ter que voltar à realidade, mas também de saudades antecipadas de tudo o que vivi.”

– Amanda Ortega, intercambista DMI

Marsaxlokk, Malta | Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal
Marsaxlokk, Malta
Foto: Amanda Ortega/Arquivo Pessoal

Está convencido que Malta para estudar inglês pode ser uma excelente escolha? Se você tem dúvidas sobre o destino e está interessado em fechar um intercâmbio para Malta, converse com a equipe da Descubra o Mundo e prepare-se!

Comentários

comentários