em Depoimentos Intercâmbio (Eu Fui)

LAL Londres – 2 semanas estudando inglês nas férias

O Djonatan Wilian Fávero, 19, Vargem Grande (SC), passou 2 semanas estudando inglês na LAL Londres. Apesar do pouco tempo, ele se adaptou bem ao clima e adorou a hospedagem em residência estudantil. Leia abaixo a nossa conversa:

Por que resolveu estudar inglês no exterior?

D: Dominar o inglês abrirá, sem dúvidas, muitas portas pra mim, além de me dar a possibilidade de consumir muito mais informações. Junta isso ao fato de eu querer muito viajar ao exterior. O intercâmbio acabou sendo a escolha ideal.

Planeje sua melhor viagem e saiba tudo sobre Londres

Por que decidiu fazer intercâmbio na Inglaterra?

D: Para ser honesto, eu comecei a correr atrás do intercâmbio pensando em ir para os Estados Unidos. Resolvi mudar para a Inglaterra quase no último momento. Os motivos que me levaram a essa escolha foi que eu pesquisei muito sobre diversas cidades e naquele momento eu acabei preferindo Londres. Não sei se nos Estados Unidos seria melhor ou pior, mas não me arrependo dessa mudança, pois amei a cidade.

Intercâmbio na Inglaterra: Londres por 4 semanas

Como foi se hospedar em residência estudantil?

D: Morar em uma residência estudantil foi uma experiência bem bacana. Para mim, foi uma experiência melhor que host family, pois aqui você não está convivendo com uma família aleatória e sim com pessoas que estão vivendo a mesma coisa que você. Além disso, todo fim de semana podem chegar novos colegas e com culturas diferentes. Essa é a maior vantagem da residência.

A estrutura, da residência era suficientemente boa, tinha tudo que precisei. A localização era excelente, no mesmo prédio que o da LAL Londres, então tudo que eu precisei fazer pra chegar à escola foi descer dois andares.

O que mais gostou e o que menos gostou em Londres?

D: O que eu mais gostei em Londres foi, sem dúvidas, a forma como os estrangeiros são acolhidos pelo povo de lá. Da tamanha educação e do tanto que as pessoas são prestativas. O que não me agradou foi o preço do transporte público em Londres. Os meios de transporte que mais usei foram trem e metrô que, apesar de caros, continuam sendo as melhores opções.

Intercâmbio Inglaterra, LAL Londres
Foto: Djonatan Fávero/Arquivo Pessoal
Tudo sobre a Inglaterra para você se apaixonar

Como é o custo de vida em Londres?

D: É um pouco difícil falar sobre custo de vida, pois a moeda vale muito mais que a nossa. Posso dizer que se quiser ficar muito tempo, não é preciso gastar tanto com alimentação. Existem umas lojas chamadas Poundland onde é possível comprar quase tudo por  £1. Entretanto, o transporte público em Londres realmente não é um valor tão acessível, dependendo da região da cidade que você se encontra.

Conheça o transporte público em Londres

O que você fazia no seu tempo livre?

D: Nos meus momentos livres eu gostava sempre de montar uma turma e ir conhecer os lugares da cidade. Eu fiz isso quase todos os dias, pois como fiquei só duas semanas, precisava aproveitar todo o tempo. No fim do dia, fomos algumas vezes para alguns PUBs ou ficamos de madrugada na rua conversando. Poucas coisas são tão divertidas quanto conversar com britânicos embriagados – vão por mim!

7 atrações em Londres realmente imperdíveis

Como estava o clima em Londres em janeiro?

D: Eu fui no inverno, então estava frio, mas veja só: pesquisei muito sobre Londres depois que o intercâmbio estava fechado e ouvi bloggers, youtubers, etc. falando que Londres no inverno é extremamente frio e tudo mais. Mas para ser sincero, eu não percebi muita diferença entre o inverno deles e o nosso. Porém, vale ressaltar que eu moro no sul do Brasil, onde é normalmente mais frio que no sudeste.

Intercâmbio Inglaterra, LAL Londres
Foto: Djonatan Fávero/Arquivo Pessoal

Quais eram os horários das aulas na LAL Londres?

D: Começávamos às 08h45 até as 12h15. Havia alguns minutos de intervalo nesse período.

Férias na Inglaterra com curso na EC Londres

Qual é sua opinião sobre a escola LAL Londres?

D: Eu tive um professor muito legal, paciente e didático – Garen o nome dele. Não há nada que eu possa reclamar das aulas em si na LAL Londres; pelo menos com a minha turma. Entretanto, eu conheci um menino na escola que tinha um inglês muito superior ao nível ao qual ele estava tendo aula. O professor dizia que ele deveria subir de nível. Porém, esse aluno havia reclamado com uma pessoa sobre algo um tempo atrás e ela era a responsável por definir os níveis. Ficou a impressão de que ela não o subia de nível devido a essa reclamação dele.

Dicas de Londres: onde ficar para viver o melhor da cidade

Qual é o perfil dos alunos na LAL Londres?

D: A maioria dos alunos na LAL Londres tinha entre 17 e 23 anos. Eu diria que uns 70% da escola eram brasileiros. Acredito que isso aconteceu porque no Brasil era época de férias naquelas semanas. Por um lado, isso foi ruim porque dava muita brecha para falar português, mas também foi bom porque eu tinha parceria pra qualquer coisa que eu quisesse fazer.
Intercâmbio Inglaterra, LAL Londres
Foto: Djonatan Fávero/Arquivo Pessoal

Como você enxerga sua evolução no inglês durante o intercâmbio?

D: Avalio minha evolução no inglês dentro das expectativas. Mas, o que mais me orgulha foi o crescimento humano que tive durante o intercâmbio na LAL Londres. Ver e conviver diariamente com pessoas de culturas diferentes faz com que você abra sua mente e respeite muito mais as pessoas.

Estudar e trabalhar em Londres: confira 6 pontos a favor do Brexit

Como você avalia o atendimento da Descubra o Mundo?

D: Eu criei umas expectativas muito boas quando acessei o site de vocês e durante o processo vocês superaram facilmente as expectativas. Numa escala de 1 a 100, eu daria nota 99 para a Descubra o Mundo! Muito obrigado por terem facilitado as coisas para mim, muito mais do que eu esperava!

Comentários

comentários