em Depoimentos Intercâmbio (Eu Fui)

Depoimento: Intercâmbio na LSI Londres

A Maria Clara Pimentel, 21, mora no Rio de Janeiro e é militar da aeronáutica. Ela, que sempre quis estudar inglês no exterior, tirou os planos do papel e resolveu investir em um intercâmbio na LSI Londres durante 4 semanas.

Por que decidiu fazer um intercâmbio?

MC: Sempre foi meu sonho fazer intercâmbio, mas antes de casar e ter um emprego, eu não tinha condições de viajar para fora e meus pais também não gostavam muito dessa minha ideia. Estou terminando de fazer a faculdade de Jornalismo, então o inglês também era algo bastante importante.

Por que escolheu fazer intercâmbio na Inglaterra e em Londres?

MC: Eu estava na dúvida entre Inglaterra ou Canadá, mas no mês que eu iria fazer o intercâmbio (era em outubro, mas por conta do meu trabalho, precisei adiar) duas das coisas que eu mais queria fazer no Canadá estavam fechadas ou pelo frio já ter chegado ou por não estar suficientemente frio! Eu já tinha vontade de conhecer Londres por conta das coisas de Harry Potter que tem por lá e por Paris e a Disneyland serem ali pertinho. Percebo que fiz realmente a escolha certa ao decidir pelo intercâmbio na LSI Londres.

Intercâmbio na LSI Londres
Foto: Maria Clara Pimentel
Depoimento: Intercâmbio na Inglaterra – Londres por 4 semanas

Como foi se hospedar em casa de família? Recomenda?

MC: Incrível! Eu dei muita sorte de ter estado em uma casa de família muito legal. Eram um pai, uma mãe, uma avó e 5 crianças. Eu era a única intercambista na casa, tinha um quarto e um banheiro só meu. Todo dia conversava com os pais e brincava bastante com minhas irmãs mais novas, a Sara e a Amélia. Por diversas vezes eles me chamavam para jantar com eles (meu jantar não estava incluído) e provar bolos deliciosos. Até hoje converso com eles pelo Whatsapp.

Quantas pessoas havia na casa e como era a localização?

MC: Havia 9 pessoas contando comigo. A minha casa de família era na zona 3, mas muito distante de tudo. Eu demorava quase duas horas para chegar na LSI Londres porque eu preferia pegar dois ônibus, ou três, dependendo do dia, do que pegar trem ou metrô. A estação de trem era um pouco longe, mas dava para caminhar até lá. Nos últimos dias, eu comecei a pegar só um ônibus e um metrô e passei a gastar 1h20. Todos meus amigos da escola estavam localizados próximos à escola, a no máximo meia hora, alguns muitos conseguiam ir andando para casa. Mas o fato da minha hostfamily ser super legal comigo compensou a distância!

5 cidades da Inglaterra para você morar

O que mais gostou e o que menos gostou em Londres?

MC: Eu gostei muito dos chás da tarde, das peças, das pessoas serem de diferentes culturas, da escola, dos passeios que eu fiz. O tobogã Acellor Mittal Orbit é fenomenal! Mas não gostei da comida de lá. Senti falta de bife com batata frita e arroz, não aguentava mais comer fast food. A comida lá é uma mistura de diversas culturas, então acabei comendo muita comida italiana. Mas as sobremesas são sensacionais, as melhores!

Intercâmbio na LSI Londres
Foto: Maria Clara Pimentel

Como você se locomovia no dia a dia em Londres?

MC: Eu comprei o Oyster no dia que cheguei em Londres, então me locomovi bastante de ônibus e metrô (não curti andar de trem) e, em raros momentos, de bicicleta. Andei bastante. Eu colocava o endereço no Citymapper e logo eu estava onde precisava estar. Meu queridinho era o ônibus. Sempre que dava, eu sentava no segundo andar na frente e ficava admirando a cidade toda.

Depoimento: Férias na Inglaterra com curso na EC Londres

O que achou do custo de vida em Londres?

MC: Não achei caro como todo mundo diz. Sem converter, pensando nos moradores locais, as coisas lá são bem baratas.

Exemplos: com 3 libras você compra uma oferta do Quarteirão no McDonald’s com batata frita e refri. Com 5 libras você come um prato enorme de espaguete com almôndegas e refri. Comprando o Oyster mensal poupei dinheiro e tempo, já que não precisava me preocupar em contar moedas, só nas raras vezes em que sai da minha zona. Algumas atrações eram mais caras, como a London Eye que era mais ou menos 35 libras. Comprei casacos por 30 libras enquanto no Brasil o mesmo casaco custava 700 reais.

Dicas de Londres – O que costumava fazer no seu tempo livre?

MC: Eu gostava de passar a noite assistindo peças de teatro, musicais. Amei o Wicked, o Fantasma da Ópera, Harry Potter e a Criança Amaldiçoada. Gostei do Exorcista também. Eu andava muito a pé. Conheci Notting Hill, o BigBen, o Palácio de Buckingham (vale a pena entrar nele), Canden Town, Oxford Street.

Chá da tarde é algo que as pessoas não lembram de colocar no roteiro, mas é algo que vale a pena com certeza. É meio caro, mas a experiência é incrível e muito gostoso. Fui a três, sendo dois temáticos. Um era da Bela e a Fera e outro era da Fantástica Fábrica de Chocolate. É interessante ir ao Meridiano de Greenwich por estar na linha que divide o mundo, mas não tem muito além disso por lá não.

O Acellor Mittal Orbit que fica perto do shopping Westfield (muito conhecido por lá) é muito legal. Dá um medo enorme, mas é show! Fui várias vezes com meus amigos para a Primark (loja mais barata de lá), pubs, Poundland, museus (vários, gratuitos). Aconselho a ir ao Studios da Warner. Todo dia eu tinha algo para fazer. Aproveitei cada minuto do meu intercâmbio na LSI Londres e passeei muito sozinha por lá também.

Intercâmbio na LSI Londres
Foto: Maria Clara Pimentel
16 dicas de restaurantes e bares em Londres por quem morou lá

Como estava o clima em Londres em janeiro?

MC: Frio!!! O clima em Londres estava muito frio, mas não tanto quanto outros países que eu visitei nos finais de semana. Com roupa térmica (alguns dias nem precisava), bota, luva, gorro, cachecol e um casaco apropriado eu não passava frio. Às vezes, até sentia calor dentro de lojas.

Intercâmbio na LSI Londres
Foto: Maria Clara Pimentel
Conheça o clima da Inglaterra

Quais eram os horários das aulas na LSI Londres?

MC: Na LSI Londres, eu estudava das 9h as 13h de segunda a sexta; às terças e quintas também das 14h às 15h45 nas aulas de fluência.

Depoimento: Intercâmbio em Londres, na LSI – Dicas e fotos!

O que achou da LSI Londres?

MC: Achei muito legal! Perto de tudo (menos da minha casa!), os professores eram muito legais, nos ajudavam, faziam brincadeiras, levavam para passeios fora da sala de aula para nos fazer treinar o inglês, separavam os brasileiros durante os exercícios.

Na minha escola tinham muitas pessoas do Brasil e da Turquia. Dependendo do professor, usávamos livro ou folhas de xerox. Podíamos fazer nossa carteirinha de aluno de graça, só precisávamos levar uma foto 3×4. Os professores prestavam atenção e se achassem que você podia passar de nível eles passavam. Eu passei duas vezes de nível nessas 4 semanas.

Intercâmbio na LSI Londres
Foto: Maria Clara Pimentel

Qual é o perfil dos alunos?

MC: 70% brasileiros, 25% Turquia, 5% outras nacionalidades. A maioria tinha mais ou menos a minha idade (22), mas haviam alunos menores de idade, assim como haviam pessoas com mais de 50 anos.

Estudar inglês na Inglaterra: conheça os TOP 10 intercâmbios!

Como você avalia o seu aprendizado durante o intercâmbio?

MC: Achei que melhorei bastante, perdi o medo para falar em inglês, perdi o medo de andar sozinha, amadureci muito como pessoa.

Se tivesse estado lá por mais tempo eu teria melhorado ainda mais, mas 4 semanas foram suficientes para mim. Estava morrendo de saudades do meu marido e um dia quero voltar com ele para lá.

Estudar e trabalhar em Londres: confira 6 pontos a favor em meio ao Brexit

Como chegou até a agência Descubra o Mundo?

MC: Eu encontrei a agência enquanto pesquisava sobre intercâmbios no Google.

Depoimento: Estudar inglês em Londres na Mayfair School

Como foi o atendimento da Descubra o Mundo?

MC: Foi ótimo, recomendaria sem dúvidas! Me ajudaram do início ao fim, tiraram todas as minhas dúvidas e no final, mesmo depois de ter acabado o intercâmbio na LSI Londres. Também me auxiliaram quando havia perdido meu voo de volta para o Brasil, devido ao atraso de um voo anterior.

Comentários

comentários