em Canadá

Tudo o que precisa saber sobre os principais tipos de visto canadense

O cenário político e a economia no Brasil não estão favoráveis, por esse motivo, o conhecimento acerca dos tipos de visto canadense tem despertado interesse.

Profissionais, acadêmicos e estudantes, cada vez mais, têm interesse em fazer intercâmbio no Canadá.

De acordo com a Receita Federal, 18,5 mil brasileiros foram morar no exterior no último ano, o dobro se compararmos com 2011.

A busca por melhor qualidade de vida é o fator principal que tem atraído o interesse dos brasileiros em morar no Canadá e outros países estrangeiros.

Ao se tratar dos tipos de visto canadense, fizemos uma seleção detalhada sobre os nove principais.

Saiba qual está de acordo com o seu perfil, levando em conta os objetivos no país.

Fazer um intercâmbio de idiomas pode ser uma excelente maneira de estreitar seus vínculos com o Canadá:

Intercâmbio Canada 728x90

Saiba mais: 5 vantagens incríveis de morar no Canadá

Conheça 9 tipos de visto canadense

1- Visto (V-1) – para turistas

As siglas (V-1) e outras que serão mencionadas servem como identificação no passaporte.

O visto para turistas é liberado para pessoas que vão passear, visitar parentes ou até mesmo fazer um curso rápido no Canadá.

Esse tipo de visto canadense tem validade de até seis meses. Desde 2012, todo o processo para retirada do visto pode ser feito online.

2- Visto (PG-1) – residente temporário

Geralmente indicado para os parentes próximos, como pais e avós de residentes permanentes que já possuem cidadania canadense.

Essa permissão é válida por até dois anos.

Para a autorização do visto (PG-1) é obrigatória a comprovação da renda compatível ao sustento dos parentes de acordo com o custo de vida local.

Por conta disso, esse tipo de visto canadense é comum entre as pessoas que já estão bem estabelecidas no país.

3- Visto (W-1) – exclusivo para trabalho

Conhecido como “Work Permit” esses tipos de visto canadense são direcionados para pessoas que receberam a proposta de trabalhar no país.

Nesse caso, é obrigatória a apresentação da carta da instituição responsável com as devidas descrições da atividade exercida.

O (W-1) pode também ser aplicado para estudantes de Co-Op que participam do curso e como atividade complementar também trabalha por meio dos estágios ou treinee.

Veja mais: Programa Co-Op Canadá: Entenda como essa experiência pode alavancar a sua trajetória profissional

4- Visto (WX-1) – para atividades profissionais momentâneas

Essa opção é mais usada entre os visitantes profissionais que irão executar alguma atividade específica no país.

São tipos de visto canadense direcionados para atores, palestrantes, cantores e outros.

Pessoas que estão de passagem por conta de algum compromisso rápido que pode durar poucos dias.

5- Visto (S-1) para college e cursos acadêmicos

Aos alunos que vão estudar no Canadá por mais de 24 semanas é obrigatório o visto (S-1).

Isso vale para pós-graduação, mestrado, doutorado ou mesmo curso de idioma. Essa permissão é exclusiva para estudo e não autoriza o trabalho.

Veja também: Visto de estudante no Canadá, 4 coisas que você precisa saber

6- Visto (SW-1) Estudar e trabalhar

Para atender o objetivo de muitas pessoas – estudar e trabalhar no Canadá – esse está entre os tipos de visto canadense mais requisitados.

Para finalidade de estágio, Co-Up e outras, é possível trabalhar até 20 horas.

7- Visto (SX-1) – Visto temporário

Esse visto é necessário para pessoas que vão ao país seja a passeio ou estudo por um período máximo de seis meses.

Todos os trâmites e documentos para a obtenção do visto serão solicitados, além da carta de permissão fornecida pela escola de estudos.

Em casos de visto temporário de estudante o (SX-1) não inclui a permissão para trabalho no Canadá.

8- Visto (VH-1) – de trânsito

Esse visto é específico para conexões em voos e situações que o viajante se hospede no Canadá por até 48 horas.

O turista pode conhecer o país e frequentar locais normalmente dentro desse prazo. As comprovações necessárias serão solicitadas ao longo da viagem.

9- Visto (B1) para negócios

Profissionais que irão fechar negócios no Canadá, participar de conferências e eventos corporativos podem contar com esse tipo de visto canadense.

O visitante terá que apresentar uma carta ou documento que comprove a participação da empresa em negócios no país.

Lembrando que esse visto é temporário e válido durante o prazo de permanência, além de não autorizar a procura por emprego no país.

Confira: Canadá turismo, 3 dicas para a viagem ser perfeita

Interessado em fazer um intercâmbio de idiomas no canadá?

Baixe nosso e-book gratuita e saiba todos os detalhes:

Dê uma olhada nestes depoimentos de quem fez intercâmbio no Canadá e adorou:

Comentários

comentários