em Canadá

O que dizem os brasileiros que moram no Canadá: depoimentos exclusivos

Os brasileiros que moram no Canadá encontram no país a oportunidade de aprender um novo idioma e transformar a vida por meio do contato com outra cultura.

A princípio a vantagem é a abertura encontrada no país para recepção de imigrantes.

De acordo com a agência canadense de imigração 92,4 mil brasileiros pediram permissão em 2016 para morar temporariamente no país e 90% das solicitações foram aprovadas.

O Brasil está entre os países que mais pedem permissão para residir no Canadá, totalizando cerca de 549,5 mil pedidos nos últimos anos, ficando atrás somente da China.

Qual a opinião dos brasileiros que moram no Canadá?

Choque cultural, dúvidas, dificuldades, trabalho e tudo o que você precisa saber antes de conseguir o visto e arrumar as malas.

Vamos lá!

Um curso de intercâmbio de inglês ou francês no Canadá pode ser o primeiro passo para morar nesse país:

Intercâmbio Canada 728x90

Saiba mais: Quanto custa Intercâmbio no Canadá de 1 mês?

O que contam os brasileiros que moram no Canadá

1- Recepção amistosa e acessibilidade

O choque cultural e dificuldade de adaptação com as pessoas estão entre os principais motivos que levam outros intercambistas a retornar ao país Natal.

Mas, de acordo com os brasileiros que moram no Canadá, dificilmente isso irá ocorrer entre os imigrantes que mudam para o país.

Os canadenses são muito receptivos e multiculturais.

Ao dar uma volta pelo Canadá é possível conhecer pessoas de todo o mundo.

Estima-se que cerca de 50% da população é composta por estrangeiros.

Por conta do déficit de mão de obra, o Canadá possui uma política de imigração muito solicita e dá oportunidades para brasileiros e outras nacionalidades que desejam trabalhar, estudar e viver no país.

Segundo depoimentos dos brasileiros que moram no Canadá é possível sentir-se em casa na maioria das vezes.

Não existe pressão no aprendizado do idioma, pois aceitam bem que o país é composto também por estrangeiros e há maior compreensão e paciência.

Confira um depoimento exclusivo de quem já morou durante 8 meses por lá:

Depoimento: curso de inglês em Toronto – The Language Gallery

2- O governo auxilia imigrantes

Além da recepção amistosa dos canadenses, os imigrantes ainda podem contar com programas do governo que ajudam a encontrar emprego e até cursos de inglês gratuitos.

O programa Occupation Specific Language Training (OSLT) disponibiliza cursos de inglês gratuitos para imigrantes recém-chegados nas áreas de Negócios, Tecnologia, Construção, Ciências Médicas e outras.

3- É possível conseguir emprego no Canadá?

Essa é outra dúvida recorrente respondida pelos brasileiros que moram no Canadá.

Segundo muitos brasileiros que moram por lá, essa é uma missão possível, mas que depende de vários fatores pessoais.

Encontrar um emprego no Canadá não inclui somente a proficiência no idioma – embora muito importante – a força de vontade e a busca serão as principais ferramentas.

É preciso arriscar e se mostrar disponível para as ofertas de emprego, mesmo em atividades como balconista, vendas e copeiro.

Veja mais um depoimento exclusivo dessa brasileira que morou 3 meses no Canadá:

Intercâmbio depois dos 50: aventura de 3 meses no Canadá

4- Siga os padrões canadenses de emprego

Currículos nos padrões canadenses também ajudam bastante a conseguir entrevistas.

No país é muito comum o “cover letter”, uma espécie de carta de apresentação falando sobre os seus anseios pessoais e profissionais.

O RH valoriza bastante esse documento com teor mais pessoal, deixando formação e dados para parte do currículo.

5- Principais dificuldades para conseguir emprego no Canadá

Não é uma tarefa fácil encontrar emprego no Canadá, mesmo em atividades populares, como garçonete, construção civil e outras.

Além da indicação, é preciso ter boa comunicação no idioma no caso de se arriscar como garçonete ou excelente resistência física e força para trabalhar em construção civil.

A dica é optar por tarefas que te coloquem em contato com o idioma e que estimulem a comunicação.

Mesmo em atividades mais isoladas, como lavar pratos, por exemplo, faça o possível para manter contato com as pessoas.

6- Faça network e novas amizades

Outra dica importante de brasileiros que moram no Canadá é a conquista de novas amizades, seja no curso de intercâmbio, cafés ou atividades voluntárias.

Aproveite os momentos sociais para conhecer pessoas e trocar experiências.

Veja que está em um país multicultural, muito semelhante ao Brasil ao se tratar da aproximação com imigrantes.

Outra observação feita por brasileiros que vivem no Canadá é que o país é bastante rigoroso com preconceito, abominando qualquer tipo de discriminação.

7- Faz muito frio no Canadá, muito mesmo!

Essa é a principal queixa dos brasileiros que moram no Canadá.

Se odeia o frio e gosta muito de sol, terá dificuldade de viver no país.

O clima no Canadá é o famoso “8 ou 80”, ou seja, ou é muito frio (-30 graus) ou é muito calor (40 graus).

É uma reclamação constante até mesmo dos próprios canadenses, além da baixa temperatura, o inverno tem ar úmido, chove bastante, o que aumenta a sensação de frio.

As cidades são estruturadas por conta da baixa temperatura, portanto é possível encontrar lojas e galerias subterrâneas e alguns shoppings com acesso ao metrô.

Doses de café, chocolate e restaurantes aconchegantes com bebidas quentes ajudam a aquecer no inverno.

A gente não podia deixar de trazer mais um depoimento de brasileiro que morou no Canadá, confira:

Intercâmbio Canadá – 3 meses na ILAC Toronto

Ficou interessado em morar no Canadá?

Baixe este e-book gratuito cheio de dicas:

E se você achou que tinha terminado, veja mais depoimentos de quem morou um tempo por lá:

Comentários

comentários