em África do Sul

Não passe sufoco. Conheça os diferentes climas da África do Sul

Não é só por causa da Copa ou por sua histórica luta pela igualdade racial que o mundo volta seus olhos para a África do Sul. O país é um dos destinos mais procurados para turismo em todo o planeta.

A pluralidade cultural da ex-colônia holandesa e inglesa se revela em cada esquina, mas as belezas naturais, o clima alegre desse povo colorido e as altas ondas que chamam para o surf encantam visitantes e fazem com que seja também uma das mais procuradas opções para quem quer aprender inglês de forma rápida através de um intercâmbio.

Faça seu intercâmbio na África do Sul com a Descubra o Mundo.

Na hora de fazer as malas, no entanto, fique de olho no clima da África do Sul para não passar sufoco. Entendendo como a temperatura funciona nas principais cidades, fica muito fácil se programar.

Os climas da África do Sul

O clima predominante na África do Sul é o semiárido, o que por definição significa verão quente, por volta dos 20ºC, e inverno frio, com média de -5ºC, pouca chuva e umidade do ar bem baixa. Bem, só por isso já dá para perceber que a oscilação de temperatura é grande, só que o clima na África do Sul é um pouquinho diferente: na costa oriental, o clima é subtropical e, no extremo sul, ele é mediterrâneo. De uma forma geral, no entanto, ele é considerado suave e bastante agradável para os padrões brasileiros.

Na prática, isso significa dizer que a Cidade do Cabo, por exemplo, tem estações bem definidas pelo clima mediterrâneo. De setembro a abril é verão, com dias quentes e secos cuja temperatura ronda a casa dos 28ºC. Já entre maio e agosto, o inverno temperado oferece uma variação que pode ir dos 8ºC aos 17ºC. Pois é, as temperaturas são bem agradáveis, mas para quem gosta de pegar onda, a dica é levar uma roupinha básica de neoprene na bagagem, porque a água é muito fria. A famosa ondulação perfeita, no entanto, compensa a caída.

Conheça nossas promoções de intercâmbio

Como o clima da África do Sul varia de acordo com a altitude e a influência das correntes frias do Oceano Atlântico a oeste e com as correntes quentes do Oceano Índico na costa leste, de uma forma geral, os meses mais agradáveis são janeiro, fevereiro, março, novembro e dezembro, quando a variação de temperatura é menos intensa.

Um país, muitas temperaturas. Entenda as variações de clima da África do Sul

Em Pretória, capital do país, são comuns os temporais à tarde nos verões quentes. Os dias do inverno seco também são quentes, mas as noites são muito geladas, com temperaturas bem próximas a zero grau.

Pretória fica no interior da província Gauteng, o que dá a ela um clima bem interessante de metrópole com cidade do interior. São mais de 2 milhões de habitantes que vivem no terceiro maior centro econômico do Continente Africano, atrás apenas da Cidade do Cabo e de Joanesburgo, de onde a distância é de cerca de 50 km.

Joanesburgo, por sua vez, assim como Mpumalanga, ambas também no Gauteng, tem clima considerado ameno durante todo o ano, mas as variações entre 4ºC e 22ºC no inverno e máximas de ultrapassam os 30ºC no verão são um bom aviso para quem está preparando a mala.

O que fazer em Joanesburgo? Um mundo de possibilidades

Já se você quiser visitar a cidade de Upington, no cabo setentrional, prepare-se para o calor. A cidade é a porta de entrada do deserto Kalahari, com índice de pluviosidade média anual de 180 mm, com algumas parcas gotas entre dezembro e abril. Janeiro é o mês mais quente do ano, com média de 26,2ºC, mas as máximas entre dezembro e janeiro chegam bem perto dos 40ºC. Já o mês mais frio é julho, com temperatura média de 11,5ºC e mínimas de 4ºC. Para se ter uma ideia, ao longo dos anos a variação média de temperatura é de 15ºC.

10 motivos para fazer intercâmbio na África do Sul durante o verão

Pronto para embarcar nessa aventura? Então encontre o curso que você quer fazer, apronte sua mala e prepare-se para os climas da África do Sul na melhor época de sua vida!

Comentários

comentários