em África do Sul

Relatos de um intercâmbio na Cidade do Cabo – África do Sul

A seção EU FUI traz, mais uma vez, o relato de um intercambista cheio de histórias para contar. O Wagner Lima, de 23 anos, morador de Duque de Caxias (RJ), fez um intercâmbio na Cidade do Cabo, África do Sul e relatou aqui a sua experiência de estudar inglês por 8 semanas na escola Cape Studies.

Cidade do Cabo: a queridinha africana em constante transformação

Leia nosso bate-papo:

Por que escolheu a Cidade do Cabo na África do Sul para fazer intercâmbio?

Além de querer conhecer a história, que é muito rica, a Cidade do Cabo na África do Sul tem a melhor relação custo-benefício.

Cidade do Cabo, África do Sul |Foto: arquivo pessoal/Wagner Lima
Cidade do Cabo, África do Sul
Foto: arquivo pessoal/Wagner Lima

O que mais gostou e o que menos gostou na Cidade do Cabo, África do Sul?

O que eu mais gostei foi conhecer pessoas de toda parte do mundo. Achei isso de suma importância para o aprendizado da língua. O que eu menos gostei foi o “comodismo” de algumas pessoas, saudáveis e com plena consciência, que pedem dinheiro nas ruas. Eles pedem dinheiro por tudo. Meu conselho é: não dê bobeira nas ruas, não pague nada para ninguém porque além de eles serem abusados (pedem chocolate e lanche), podem te roubar.

Faça seu intercâmbio na cidade do Cabo – África do Sul com a Descubra o Mundo.

O que achou do transporte público da Cidade do Cabo na África do Sul?

Não tive problemas com transporte público. Eu usava basicamente mini bus (de 7 rands) e táxi (preço negociável). As duas conduções são super baratas, mas sempre negocie o preço do táxi.

É caro fazer intercâmbio na Cidade do Cabo – África do Sul? Qual o custo de vida?

O custo de vida é barato. Eu pagava 32 rands (7 reais) pra almoçar por dia. Quando eu fazia comida em casa conseguia cozinhar para semana toda (almoço e janta ) por 200 rands (42 reais). Minha guesthouse [uma espécie de pensão] tinha uma relação custo-benefício ótima. Eu pagava 450 dólares por mês com direito a wifi, quarto não-compartilhado, serviço de quarto todos os dias e cama de casal. Vale a pena! O nome é AltonaHouse (em Green Point, em frente ao Green Point Park). Não deixe de tentar negociar o preço, pois talvez você consiga um desconto.

Falando ainda da moradia… Como era a acomodação?

Durante meu intercâmbio na Cidade do Cabo – África do Sul, eu morava sozinho, dividia banheiro e a cozinha podia ser usada qualquer hora da noite. Caso quisesse levar algum amigo para passar uns dias lá, não tinha problema. Aconselho ficar duas semana em uma casa de família ou acomodação estudantil e depois se mudar para uma guesthouse, que tem um preço mais em conta.

Além de estudar na Cidade do Cabo, o que mais você fazia?

As opções são muitas. Eu explorava bastante os restaurantes e pubs, comi e bebi de tudo. As mulheres gostam muito dos shoppings de lá, que têm roupas baratas e bonitas.

Como é a vida noturna da Cidade do Cabo?

Muito badalada! Há uma rua chamada Long Street que é a principal rua da cidade, rodeada de baladas e pubs, que ficam cheios todos os dias. Lembra um pouco o bairro da Lapa, no Rio de Janeiro. Em Cape Town, eu fui na balada mais sensacional da minha vida, em um clube chamado Club 31. Fica no centro da cidade no prédio da ABSA. A balada acontece no 31° andar e é toda espelhada. De lá de cima você consegue ter uma visão da cidade toda iluminada, o que proporciona um clima único, com pessoas bonitas e uma recepção ótima.

Em qual escola você estudou?

Na Cape Studies, 30 horas semanais, por 8 semanas.Os professores são ótimos, apesar de ser um pouco desorganizada, pois não há uma boa diretoria.

Como você avalia seu aprendizado nesse intercâmbio na Cidade do Cabo, África do Sul?

Consegui melhorar bastante meu inglês e consigo me comunicar com qualquer um na língua, apesar de pensar que tenho muito a aprender ainda.

Quais foram as principais dificuldades que você enfrentou nessa experiência na África do Sul?

O clima, sem dúvida, foi o mais difícil. O resto, eu me adaptei bem.

Cidade do Cabo, África do Sul |Foto: arquivo pessoal/Wagner Lima
Cidade do Cabo, África do Sul
Foto: arquivo pessoal/Wagner Lima

Qual é sua opinião sobre os sul-africanos?

São muito pidões e adoram brasileiros. Com certeza, se for do Brasil vai ser tratado bem por lá.

Quais outras nacionalidades estavam por lá “em peso”?

Árabes e angolanos.

Como foi o atendimento da agência Descubra o Mundo?

Eu adorei, pois é tudo fácil e descomplicado. Com certeza, indicaria como sempre indico.

Cidade do Cabo, África do Sul |Foto: arquivo pessoal/Wagner Lima
Cidade do Cabo, África do Sul
Foto: arquivo pessoal/Wagner Lima

AWESOME, WAGNER! :)

Adoramos saber mais sobre você e o seu intercâmbio na Cidade do Cabo na África do Sul. Quem quiser interagir com o Wagner e com a equipe DMI, fazer perguntas ou comentários, escreva aí em baixo. Vamos trocar ideias!

Veja também como foi a experiência de outras duas pessoas, que também escolheram a Cidade do Cabo para fazer intercâmbio:
EU FUI: relatos de um intercâmbio na Cidade do Cabo – Cape StudiesMariana Asson.
EU FUI: relatos de um intercâmbio na Cidade do Cabo – Cape Studies (em vídeo!) Richard Cruvinel.

Descubra a Cidade do Cabo. Descubra a África do Sul.

Comentários

comentários

  1. Boa noite!

    Adorei seu relato! Estou pensando em ir pra Capetown e preciso de algumas informações. Quero estudar e trabalhar e saber se vc conseguiu fazer isso. Quero ficar 3 meses e mais ou menos quanto gastou.

    Obrigado!

  2. Olá Nady, tudo bem?

    Obrigado pelo seu contato!

    Vamos lhe enviar algumas opções de orçamento para o seu intercâmbio na Cidade do Cabo, ok?

    Grande abraço,
    Equipe Descubra o Mundo Intercâmbio