em Viagem

Dicas para curar depressão: como ver a vida de outro jeito

A depressão é uma condição cada vez mais comum entre as pessoas e vem crescendo de forma ainda mais acelerada nos últimos anos. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença afeta 11,5 milhões de brasileiros, o que representa um nível preocupante de pessoas afetadas.

Para driblar essa estatística, é preciso pensar sempre encontrar dicas para curar depressão e entender melhor como alguns hábitos podem contribuir significativamente para melhorar a saúde mental.

A depressão precisa ser vista sempre de forma séria e como um problema concreto. O tratamento adequado deve ser recomendado por um profissional, mas existem algumas mudanças que podem ser feitas em sua vida para ajudar a potencializar a cura.

O mais importante de tudo é encontrar algo que ofereça a sensação de bem estar e que ajude você a recuperar a positividade e a alegria de viver.

Já pensou em fazer um viagem de intercâmbio, por exemplo?

Intercâmbio Institucional 728x90

Saiba mais: Como melhorar sua vida através do autoconhecimento emocional?

Confira algumas dicas para curar depressão e encontre aquilo que lhe faz bem!

Selecionamos 4 dicas para curar a depressão, mas, como alertamos no início da postagem, só um médico ou outro profissional de saúde credenciado pode determinar a maneira mais adequada de lidar com esta doença.

1- Faça algo de que gosta

Com rotinas apertadas, acabamos nos prendendo muito à obrigações do dia a dia e nos esquecendo de fazer alguma coisa pela qual realmente somos apaixonados. Não se trata só de jogar tudo para o alto e desistir de suas coisas atuais, mas também de buscar formas de conciliar tudo isso de modo positivo.

Viajar pode ser um excelente hobby para quem busca dicas para curar depressão. A adrenalina de arrumar suas coisas e partir para um local completamente diferente já é uma experiência interessante, mas ver todos os seus planos e roteiros se concretizando é uma ótima maneira de se sentir satisfeito consigo mesmo.

Praia, interior, montanhas, cidades pequenas. Qualquer que seja a sua escolha, aproveite ao máximo a experiência e tente perceber esse tempo como algo só seu.

Faça algo de que gosta – nade, corra, coma, escale. Sinta-se bem!

Veja também: Eneagrama: o teste de personalidade para autoavaliação pessoal

2- Aumente seus horizontes

Muitas vezes, uma das melhores maneiras de como sair da depressão é descobrir algo que você nunca imaginou que pudesse ser agradável.

Acabamos ficando em uma zona de conforto em que até mesmo os momentos de lazer e de diversão são previsíveis. Essa estabilidade não faz mal a ninguém, mas é interessante sair dessa de vez em quando e expandir os seus horizontes.

Tente fazer algo que nunca pensou em tentar antes. Pode ser um esporte mais radical, a visita a um local que foge dos seus planos convencionais. Essa é uma das boas dicas para curar depressão.

Cada cultura lida com os problemas de formas específicas e talvez alguma dessas formas possa ser a maneira ideal para você encontrar o conforto de que precisa.

Quem já assistiu ao filme Comer, rezar e amar vê como a protagonista encontra em cada uma dessas coisas a solução para todos os problemas que está enfrentando. Se as opções que a vida nos oferece não são ideias, não tenha medo de conhecer coisas novas e buscar o que o faz feliz.

Confira: Novas experiências: do paraquedismo a outro idioma

3- Aprenda algo novo

Além de manter a mente focada e as percepções cognitivas mais alertas, aprender algo novo é uma experiência gratificante e renovadora.

Muitas pessoas que querem uma catarse desse tipo optam por ir para outro país estudar um certo idioma, o que é enriquecedor e terapêutico ao mesmo tempo.

Se você não tem condições de fazer um curso de línguas, vale a pena conhecer programas de intercâmbio que permitem conciliar estudo e trabalho em outro país.

Assim, você arca com as despesas da estadia e dos estudos sem precisar ter uma grande reserva de dinheiro e ainda ganha a experiência que é considerada uma das melhores dicas para curar a depressão.

Confira: Intercâmbio e trabalho no exterior: quer melhor que isso?

4- Não tenha medo de se descobrir

Uma jornada de autoconhecimento, muitas vezes, é o que mais precisamos para encontrar uma nova perspectiva sobre a vida.

No livro Wild, da escritora norte-americana Cheryl Strayed, a história narrada conta toda a trajetória da protagonista que percorre mais de 3 mil quilômetros para esquecer de seus problemas e ganhar um novo rumo para sua vida. Por que não fazer o mesmo?

Você não precisa, assim como a protagonista, aventurar-se por uma trilha deserta, mas fazer um mochilão pode ser uma ótima dica para curar a depressão.

Escolha destinos que tenham moedas favoráveis em relação ao real – a América Latina e o leste europeu, por exemplo – e faça o roteiro dos seus sonhos para ir viajar.

Sozinho ou acompanhado, você vai notar a forma como as coisas parecem tomar novos contornos quando são vistas à distância e sob novas perspectivas.

Veja mais: Um curso de marketing no exterior pode mudar sua vida!

Que achou desas dicas para curar depressão? Já escolheu o destino do seu intercâmbio, por exemplo? Então faça nosso QUIZ online e descubra agora um lugar que vai ampliar seus horizontes!

Veja alguns depoimentos de quem fez intercâmbio e viveu grandes momentos na vida: