em Viagem

Você sabe qual é a cidade mais velha do mundo?

A cidade mais velha do mundo está muito, mas muito longe de nós, brasileiros: a mais de 10 mil quilômetros de distância, se traçássemos uma linha reta no mapa. A cidade mais velha do mundo se chama Jericó, e se situa no Oriente Médio; mais precisamente na Palestina.

Mais de dez mil também é o número de anos da cidade mais velha do mundo, segundo vestígios das escavações arqueológicas. Os primeiros habitantes chegaram a Jericó entre 9600 e 9000 A.C., que passou por muitos domínios (Império Otomano, Reino Unido e Jordânia), sendo povoada e despovoada muitas vezes ao longo da sua história.

Viajar pelo mundo sem falar uma segunda língua, pode ser um problema, já pensou em fazer intercâmbio de idiomas no exterior?

Intercâmbio Institucional 728x90

Confira: Intercâmbio para estudar inglês: tudo o que você precisa saber!

Jericó: primeira cidade conquistada pelos Hebreus quando saíram do deserto

Localizada a 36 quilômetros a nordeste de Jerusalém, e a 250 metros abaixo do nível do mar, Jericó também é a cidade mais baixa na face da Terra. Dentro de uma área não superior a 15 quilômetros quadrados, Jericó possui alguns dos locais históricos e arqueológicos mais importantes e fascinantes do mundo.

Quem for à cidade mais velha do mundo, também pode conhecer o lugar mais profundo da terra. Trata-se do Mar Morto – Jordânia, que fica a 422 metros abaixo do nível do mar. Famoso pela sua salinidade – dez vezes maior que o mar Mediterrâneo, o Mar Morto tem esse nome porque não tem nenhum tipo de vida marítima.

E outra curiosidade que vale a pena ser mencionada: apesar de ser a cidade mais velha do mundo, Jericó tem uma população jovem, com quase metade (49,2%) dos 27 mil habitantes com menos de 20 anos.

Veja também: Conheça as melhores cidades para se viver no mundo

Fatos bíblicos na cidade mais velha do mundo

Descrita no velho testamento como a cidade das palmeiras, Jericó é citada por dezenas de vezes na Bíblia, atraindo muitos turistas interessados em conhecer os locais por onde Jesus passou. Talvez o mais conhecido seja o Monte da Tentação, localizado a cerca de 5 quilômetros a noroeste da cidade de Jericó.

O local atrai os cristãos, em particular os peregrinos das Igrejas Ortodoxas do mundo que vêm visitar o Mosteiro Ortodoxo no topo do Monte da Tentação.

Embora os arqueólogos tenham debatido a localização exata do Monte da Tentação, onde Jesus jejuou por 40 dias, as Igrejas Ortodoxas acreditam que a localização esteja no topo desta montanha. O mosteiro ortodoxo em Jericó foi reconstruído a partir das ruínas de uma antiga igreja bizantina que anteriormente estava em seu lugar. O topo do Monte, a cerca de 360 ​​metros acima do nível do mar, oferece uma vista panorâmica espetacular do Vale do Jordão, do Mar Morto e das montanhas de Moabe e Gileade.

A Árvore de Zacchaeus é outro local bíblico conhecido na cidade mais velha do mundo. A árvore, uma figueira, é marcada por este nome após o coletor de impostos romano, chamado Zaqueu, subir a árvore para ver Jesus, que estava cercado por multidões de pessoas ao descer do Monte da Tentação.

Zaqueu deu as boas-vindas a Jesus na cidade e convidou-o para sua casa. Jesus inicialmente aceitou o convite, mas quando o povo da cidade se opôs, ele ordenou ao cobrador de impostos doar algum dinheiro para os pobres da cidade. Zaqueus aceitou e Jesus abençoou ele e os habitantes da cidade.A cidade mais velha do mundo entrou no Guinness Book

Em meio ao deserto e ao oásis árabe, um moderno teleférico, que entrou para o Guinness Book – Livro dos Recordes, por ser o teleférico mais longo do mundo abaixo do nível do mar, permite aos turistas uma visão panorâmica da cidade.

O cabo tem 1.330 metros de comprimento da estação base até a estação superior na montanha, onde cada uma, das 12 cabines, tem capacidade para levar até oito pessoas.

Confira também: Quais os costumes estranhos que posso encontrar ao redor do mundo?

Outros pontos para visitar

  1. Palácio de Hisham
    Representando uma amostra da arquitetura islâmica inicial, as ruínas deste impressionante palácio do deserto ficam a 3 km da periferia norte de Jericó. Esta residência rural do Califa Umayyad Hisham (724-743 D.C.) é um complexo de edifícios reais, mesquitas, banhos e tribunais. Há também pisos de mosaico espetaculares, incluindo o mosaico “Tree of Life”, um dos mais belos do mundo. Outra característica famosa é uma estrutura de pátio com a forma da estrela hexagonal Umayyad.
  2. Fonte de Eliseus
    A única fonte de água da cidade, desde os tempos remotos. Nessa fonte, supostamente Jesus, tocado pelas orações dos habitantes de Jericó, tornou a água saudável, ao jogar um punhado de sal. Graças a fonte, a cidade conta com belos jardins de bananas, laranjas e outras frutas neste mais delicioso oásis.

Famosos por seu clima quente e locais antigos, Jericó e o Vale do Jordão são lugares onde os palestinos esperam que o investimento na indústria do turismo continue crescendo. Além dos diversos locais para visitas, a cidade mais velha do mundo possui um clima quente durante os meses de inverno também.

Veja mais: Você sabe qual é o melhor lugar do mundo para viver?

Que achou da cidade mais antiga do m undo? Você visitaria este local? Aqui na Descubra o Mundo nós ajudamos as pessoas a entrarem os melhores destinos para suas viagens de intercâmbio.

Experimente nosso QUIZ online e descobra qual seria o seu:

Se você ainda está em dúvida, confira os destinos que estes intercambistas escolheram e contam suas aventuras em detalhes nestes depoimentos: