em Irlanda

Como conseguir visto permanente na Irlanda e outros vistos

Recomeçar a vida, conhecer novas culturas, aprender um novo idioma. Muitas pessoas sonham em ir para um outro país de vez e dar novos rumos para a vida, procurando sempre o local mais adequado para isso.

Como conseguir um visto permanente na Irlanda não é tão complexo quanto em outros países, e por lá há vantagens de sobra para poder ser um novo lar, o país acaba se tornando o destino perfeito para muitos brasileiros que querem se aventurar no exterior.

Para conseguir fazer isso de forma definitiva, é preciso obter um visto de permanência no país, que garante a sua estadia na Irlanda por tempo indeterminado. O processo de obtenção é um pouco trabalhoso, mas é ideal para quem quer ficar despreocupado em relação ao futuro em um país estrangeiro.

Quer entender tudo sobre como conseguir visto permanente na Irlanda, e outros vistos, para colocar em prática o seu grande sonho? Confira as informações que separamos para você!

Intercâmbio Irlanda 728x90

Saiba mais: Como trabalhar na Irlanda com visto de estudante

Como conseguir visto permanente na Irlanda?

Apesar deste país ter muitas modalidades de visto e facilidades para estrangeiros morarem, estudarem e trabalharem um tempo por lá, adquirir o visto permanente na Irlanda é mais demorado e complicado que as outras modalidades de visto.

Mas, ainda assim, mais fácil que na maioria dos países.

Nossas dicas vão te mostrar como dar os primeiros passos runo ao visto permanente na Irlanda, começando com outros vistos, e depois de viver um tempo por lá, tentar o tão sonhado visto permanente.

Como conseguir visto permanente na Irlanda estudando?

É bastante comum querer entrar em outro país tendo como porta de entrada os estudos. Afinal de contas, você já vai ter um diploma válido lá e vai conhecer pessoas e influências que podem ser importantes na hora de conseguir um emprego e pensar em como conseguir visto permanente na Irlanda.

  • Stamp 2A: se você quer se dedicar integralmente aos estudos, pode optar pelo Stamp 2A, que é o visto de estudos sem permissão para trabalho. Nessa situação, você não pode conciliar as horas de estudos com estágios trabalhos fora da área.

Esse visto é para cursos de até seis meses e pode ser renovado em até três vezes – ou seja, você pode ficar até um ano e meio por lá com esse visto.

Se você está concluindo um curso ou fará algo com essa duração e pensando em trabalhar por lá depois, o Stamp 2A é a melhor opção para você solicitar, logo em seguida, um visto permanente, pois já mostrou muitos vínculos com o país

  • Stamp 2: estudar é bom, mas arcar com as despesas de taxas e moradia é essencial para quem viaja sem muito dinheiro. Nesse caso, o ideal é solicitar o Stamp 2, que é o Visto de estudante com permissão de trabalho. Com ele, é permitido trabalhar por até 20 horas semanais durante a época das aulas e estender a jornada por até 40 horas durante o período escolar.

E, da mesma forma, já é um passo em direção a outros vistos de maior duração na Irlanda. Informe-se sobre isso antes de terminar o curso.

Assim, se você está pensando em como conseguir visto permanente na Irlanda a partir do Stamp 2, a dica é procurar empregos de meio período em que haja possibilidade de contratação após a conclusão do seu curso.

O Stamp 2 é permitido para pessoas que fazem cursos com duração mínima de seis meses e, no caso de cursos de idiomas, com duração máxima de oito meses.

Veja também: Visto de estudo e trabalho na Irlanda: entenda todas as mudanças recentes

Como conseguir visto permanente na Irlanda trabalhando?

  • Stamp 1A: conhecido também como visto de estágio, o Stamp 1A é indicado para pessoas que querem somente trabalhar na Irlanda sem estudar. É indicado para quem consegue ser aceito em um programa de estágio ou de recém-formados. Esse visto dura o tempo do programa do estágio e permite jornadas de 40 horas semanais de trabalho.

Veja, a seguir, o que fazer depois de concluir seus estudos, em busca de como conseguir visto permanente na Irlanda.

  • Após estudos: Trabalhado regularmente lá. Se você se formou em um curso de graduação de nível 7 (nível técnico), é possível ficar no país por até seis meses após o final do curso e, se o curso é de nível 8 ou acima (graduação ou superior), o prazo é de um ano.

Aí, já sabe, informe-se sobre o visto permanente, em função de ter adquirido todo este vínculo com o país.

  • Visto de trabalho: Este deve ser seu objetivo passo a passo, de estudo em estudo, até o visto permanente de trabalho. Se você conseguir um emprego fixo no país, já pode solicitar o visto de trabalho permanente (work permit), que garante a sua estadia enquanto estiver empregado. Também é possível pleitear o tão sonhado visto de residência, – esse é o melhor e todos! – que permite que você viva por lá como morador regular. Ambos os vistos permitem trabalho em regime integral.

O visto de trabalho tem duração de até dois anos e pode ser estendido por mais três anos. Após 5 anos de permanência, é concedida a residência e não é mais necessária a solicitação de visto.

Veja mais: GNIB Irlanda, tudo o que você precisa saber

Outros dois países que permitem estudar e trabalhar durante o intercâmbio são Austrália e Nova Zelândia. Baixe nosso e-book e saiba todos os detalhe de como estudar e trabalhar legalmente no exterior:

E se você ainda tem dúvidas sobre como é passar um longo período na Irlanda, confira estes depoimentos de quem morou um bom tempo por lá: