em Intercâmbio

5 dicas para viajar barato pela Europa durante um intercâmbio

Uma das grandes vantagens em fazer um intercâmbio na Europa é a facilidade de poder viajar pagando pouco e ainda assim conhecer outros países num curto período de tempo. Mas, para isso, não há milagres: é preciso economizar e juntar uma graninha.

Como viajar barato pela Europa? Poupe dinheiro viajando!

Veja algumas dicas do que você pode fazer para viajar barato pela Europa durante um intercâmbio.

Acessa a lista dos preços para intercâmbio na Europa e confira as promoções!

# Dica1. Economizar no dia a dia

Conhece aquele ditado “de grão em grão a galinha enche o papo?” É super válido para quem quer viajar barato pela Europa durante o intercâmbio. O segredo para viabilizar viagens é economizar nas pequenas coisas. Você vai aprender que todos os centavos fazem a diferença! Algumas dicas:

  • Optar pelos produtos da marca do supermercado – Na Europa, isso é muito comum: todo supermercado tem uma marca própria, que costuma ser bem mais barata.  Busque por elas nas prateleiras de macarrão, leite, biscoitos, arroz, manteiga etc.
  • Atentar-se para as promoções – Supermercados e shoppings fazem promoções/liquidações (DE VERDADE!) com frequência. Geralmente, os preços vão lá embaixo e valem muuuito a pena. Esperar pode ser um bom negócio. Em alguns países, como na Irlanda, por exemplo, os supermercados praticam o chamado reduced. Saiba mais aqui.
  • Evitar comer fora – É claro que você vai gastar mais dinheiro se fizer todas as refeições fora de casa. Comendo fora, procure pelo ‘menu do dia’ em estabelecimentos fora do circuito turístico. Mas, o melhor mesmo para economizar, é botar a mão na massa. Se não souber cozinhar, essa é uma ótima oportunidade para aprender! A economia vai fazer o esforço valer a pena.
  • Preferir caminhar ou pedalar – O transporte, por mais barato que seja, também custa dinheiro. Enquanto isso, caminhar é de graça e faz bem para a saúde e para o meio ambiente! Se você descolar uma bike, também pode ser uma ótima opção. Aproveite a segurança das ruas e invista nessa alternativa super econômica.
  • Pedir desconto de estudante – Vários estabelecimentos, como restaurantes e lojas, cortam os preços pela metade ou dão descontos para quem tem carteirinha de estudante (pode ser a da escola ou a internacional). Mas ninguém divulga isso abertamente: cabe a você, como cliente, perguntar se esse benefício é praticado no local.
Custo de vida pelo mundo: o que dá para comprar com 1 dólar?

#Dica 2. Descolar um ‘bico’

Se você está num país onde o trabalho é permitido para intercambistas – como Irlanda, Alemanha e França -, ótimo. Sue a camisa e junte uma graninha para viajar barato pela Europa! Se não, não se desespere: existem outras formas de ganhar dinheiro sem cair na ilegalidade. Existe algo que você saiba fazer bem? Você pode, por exemplo, dar aulas particulares, vender doces, fotografar ou escrever textos como freelancer para sites ou blogs. Use a criatividade!

> Alguns sites para quem quer trabalhar como freelancer: Freela.com.br, ProLancer, ComunicaGeral

Veja também: Qual o custo de vida na África do Sul? Veja uma lista de preços

#Dica 3. Optar por hospedagens alternativas

Para viajar barato pela Europa pesquise todos os tipos de hospedagem. Com raríssimas exceções, os hotéis serão sempre a opção mais cara. Para economizar, prefira hospedagens alternativas. Já ouvir falar em Couchsurfing? É uma rede colaborativa, que oferece ao usuário a opção de se hospedar de graça na casa de um morador da cidade. Proposta parecida tem o Airbnb, site em que o viajante paga por um cômodo em uma residência ou por um apartamento todo.

Conheça o custo de vida na cidade do intercâmbio: sites fazem comparações de preços

A opção econômica mais popular são os albergues (também chamados de hostels). Quem não conhece, costuma se assustar com o fato de ter de compartilhar quarto e/ou banheiro com estranhos. Mas depois da primeira vez, tudo se torna muito mais natural. Prefira os albergues, ao invés de hotéis, porque:

  • São mais baratos – O custo-benefício é excelente! Por um pouco menos de conforto e privacidade, economiza-se MUITO. A maioria dispõe também de cozinha compartilhada. Assim, se preferir, você pode economizar na comida, preparando suas próprias refeições.
  • Costumam ser bem localizados – A maioria dos albergues fica perto de estações de trem/metrô ou em lugares centrais. Isso facilita a vida do turista, que não terá dificuldades em se localizar.
  • Proporcionam interação entre viajantes – Está na cultura dos albergues promover a interação entre os hóspedes: o próprio ambiente compartilhado sugere isso. Muitos oferecem áreas comuns e organizam passeios e atividades. Você vai conhecer pessoas do mundo todo!

> Sites de reservas em albergues: Hostels.com, HostelWorld, HostelBookers

Dicas para viajar barato pela Europa
Intercâmbio na Europa – Preço e dicas para viajar barato

#3. Viajar barato pela Europa = companhias low cost

Viajar barato pela Europa é sinonimo de companhias low cost. Na Europa, viajar de avião não é luxo. Muito pelo contrário: dependendo do trecho e da companhia, a passagem aérea sai mais barata do que carro, trem ou ônibus. E quando digo barata, é barata MESMO: é possível viajar para outros países com menos de R$ 100!  Algumas dicas para conseguir os melhores preços:

  • Pesquisar – Os preços variam muito do dia para a noite e promoções-relâmpago são frequentes! Se você tem a intenção de viajar, fique sempre de olho nos sites. Pesquise e compare os valores antes de comprar.
  • Preferir épocas, horários e dias menos procurados – Não é todo mundo que pode viajar muito cedo ou muito tarde numa segunda-feira, por exemplo. Se você tem a disponibilidade, opte por esse voo! Além disso, evite as altas temporadas. Na Europa, os preços sobem junto com as temperaturas: entre junho e agosto.
  • Usar aeroportos secundários – Os principais aeroportos do continente são os mais procurados. Os voos que passam por aeroportos secundários costumam ter preços mais atrativos. Na Europa, é comum haver aeroportos menores, a menos de 1h das capitais. Exemplo: o aeroporto Paris-Orly fica a 44km do Charles de Gaulle.
  • Levar apenas bagagem de mão – Isso faz toda diferença nas companhias low cost. Quem despacha malas paga uma taxa extra. Para valer realmente a pena, pratique o desapego das roupas e leve apenas uma mochila que caiba no bagageiro.

> Algumas das principais companhias low coast que operam na Europa: RyanAir, EasyJet, Vueling.

Veja também: Como se preparar para um intercâmbio – Roupas de frio: levar ou comprar?
Dicas para viajar barato pela Europa
Dicas para viajar barato pela Europa

#5. Explorar destinos diferentes

Os preços dos intercâmbios na Europa variam muito. Os destinos mais populares – como Londres, Paris, Barcelona – são os mais caros. Que tal abrir a cabeça e explorar outros lugares igualmente interessantes? O leste europeu é uma ótima alternativa, em países como Eslováquia, Hungria, Polônia, República Tcheca e Croácia.

Portugal, Grécia e Turquia também têm lugares lindos por preços ótimos! Quer algo mais exótico? Dê um pulinho na África, no Marrocos ou Egito. Várias capitais europeias têm voos rápidos e diretos para lá por um preço tentador!

Marrekach, Marrocos | Dicas para viajar barato pela Europa
Marrekach, Marrocos
Dicas para viajar barato pela Europa

Moral da história? Nada é impossível. Junte as moedas no seu porquinho e turbine seu intercâmbio com viagens econômicas. Veja todos os preços dos intercâmbios na Europa.

Veja também: as 10 melhores cidades do mundo para visitar em 2015