em Inglaterra

Estudar e trabalhar em Londres: confira 6 pontos à favor em meio ao Brexit

O Reino Unido participou da União Europeia durante 43 anos, e essa parceria trouxe uma extensa evolução, tanto para o lado econômico, quanto para o lado social. Mas em um referendo realizado em 24 de junho de 2016, que ficou conhecido como Brexit (junção das palavras “Britain” e “exit” em inglês), decidiu que o Reino Unido deve deixar o bloco europeu.

Com essa mudança em andamento, você pergunta: e agora? Será que vale a pena estudar e trabalhar no Reino Unido com a saída da União Europeia? O momento é bom ou não?

Muita calma nessa hora! Os seus planos de estudar e trabalhar em Londres podem – e devem – continuar. E aproveitamos esse post para indicar esses motivos. Confira!

Faça seu intercâmbio para Londres com a Descubra o Mundo.
Saiba mais: Quanto custa um intercâmbio para Londres? 1, 3 ou 6 meses?

Estudar e trabalhar em Londres vale a pena?

Confira nossas dicas e comentários e veja se é hora de partir nessa aventura.

Economia acessível

O Brexit fez com que os mercados estejam em plena especulação e a libra esterlina sofre uma desvalorização considerável em relação ao Euro, moeda europeia.

A tendência é o país britânico facilitar a entrada de turistas e estudantes para impulsionar o mercado econômico. Ou seja, a moeda britânica sofrerá uma queda gradual, facilitando para estrangeiros, como os brasileiros, o acesso a estudos de graduação e pós-graduação.

Regulamentos de visto e trabalho

Para brasileiros que já estudam e trabalham em Londres e para os que irão à cidade, nada muda em relação às leis educacionais e trabalhistas, já que as relações diplomáticas entre Brasil e Reino Unido não são afetadas pelo Brexit.

Isso significa que tudo continua do jeito que está, tanto para emitir vistos, como para permissão de trabalho.

Veja mais: Tire seu visto para Inglaterra. Dicas e documentos

Custo de vida

O Worldwide Cost of Living Report, relatório divulgado pela revista The Economist, revelou que Londres caiu da 6ª para 24ª posição no ranking das cidades mais caras do mundo.

Especialistas afirmam que a redução do custo se deve ao efeito Brexit, que como consequência desvalorizou a moeda local. Para você que pensa em estudar e trabalhar em Londres significa que o custo de vida para brasileiros ficou mais baixo.

Confira: Lugares mais baratos para fazer intercâmbio: descubra agora!

Programas para estudantes

O Brexit já virou uma realidade mundial e trouxe grande preocupação para estudantes em Londres com relação ao valor das anuidades para estudantes estrangeiros. A mudança significativa será do preço cobrado de estudantes europeus que desejam estudar em Londres.

Para brasileiros, o cenário é mais convidativo, já que os preços, os requisitos para entrada no país britânico e as ofertas de bolsas não sofrerá alteração.

Veja também: Se você curte referências pop, confira nossas 5 dicas de turismo da Inglaterra

Visto Tier 4

Nada mudou – mesmo com a aprovação do Brexit – na emissão do Tier 4. O visto geral serve para aqueles que estudam e trabalham em Londres e permanecerão na cidade por um período maior que seis meses.

Com o Tier 4, é possível trabalhar entre 10 e 20 horas por semana durante o semestre letivo ou integralmente no período de férias.

Regras para estrangeiros

Para você, que deseja estudar e trabalhar em Londres, o Brexit já virou uma realidade, mas isso não quer dizer que as portas de entrada estão mais difíceis de abrir. Enquanto a formalização da saída do Reino Unido da União Europeia sai em menos de dois anos, as regras para estrangeiros continua o mesmo.

Se você tem planos de passear, trabalhar, fazer um curso ou intercâmbio em Londres ou em outros locais do eixo UK, acredite: seu sonho pode estar mais real do que nunca!

Confira também: Dicas de Londres: onde ficar para viver o melhor da cidade

Existem outros países com excelentes oportunidades para quem quer estudar e trabalhar no exterior, como Austrália, Nova Zelândia e Irlanda. Saiba tudo sobre como conseguir isso lendo nosso e-book gratuito:

Mas se seu sonho é viver em Londres ou outras cidades da Inglaterra, veja mais estas postagens de nosso blog, com depoimentos sobre viver nesse país: