em Geral

Como organizar uma viagem passo a passo

Viajar é realizar sonhos, e a realização começa com o planejamento.

Todas as etapas são cheias de detalhes que precisam ser programados com cuidado. Não tem como organizar uma viagem sem estas precauções.

Isso vale desde o ponto em que se define que vai viajar até o momento em que, de fato, se chega ao destino.

Por isso, a melhor maneira de aproveitar bem a viagem e conhecer a fundo o destino é tendo um plano.

E se sua viagem for internacional, mais cuidados ainda serão necessários. Já pensou quem faz um intercâmbio no exterior, tido o que não tem que planejar?

Faça seu intercâmbio com a Descubra o Mundo.

Veja mais: Tudo sobre intercâmbio: guia completo que você precisa ler

Saiba como organizar uma viagem e ficar tranquilo

Não importa se será uma viagem curta, de negócios, de férias, para morar fora do Brasil, para estudar, lua de mel ou qualquer outra razão.

E isso não significa não estar aberto ao acaso, mas estar pronto para receber qualquer ocasião que ele apresente.

Veja os 4 passos para planejar uma viagem:

1- O destino

O primeiro passo do planejamento para sua viagem é escolher o destino.

E aí pode ser um sonho antigo, uma inspiração tirada da ficção – quem nunca quis visitar a cidade natal de personagens queridinhos? – ou um estalo repentino de ir para algum lugar diferente para relaxar ou curtir algo novo, o motivo não interfere.

O que interessa é o caminho. Perguntar a conhecidos, pesquisar na Internet, ler tudo sobre o local escolhido e, enfim, tomar a decisão faz parte de como organizar uma viagem.

A partir daí, fica fácil determinar os gastos, o tipo da viagem (mochilão, passeios de luxo, tour gourmet… as opções são várias), a quantidade de dias, a melhor época para viajar e o roteiro exato.

Veja também: Escolha um novo destino nas melhores agências de intercâmbio

2- Os pontos turísticos

Cada destino tem diferentes opções a serem exploradas. Entre cartões postais, natureza, gastronomia e tantos outros assuntos, vai do seu gosto a decisão do que curtir.

Sempre vale a pena conhecer os pontos mais famosos e os cartões postais, mas vale se surpreender explorando as relíquias escondidas e belezas locais que podem elevar sua viagem a outro nível.

Lembre sempre que o objetivo de uma viagem é criar momentos inesquecíveis, e quanto mais do seu jeitinho sua viagem for, maior a chance de ela alcançar esse objetivo.

Aqui, a dica de como organizar uma viagem é simples: pesquisa!

Converse com pessoas que já estiveram no local, que podem ser conhecidas suas ou bons samaritanos dispostos a ajudar em fóruns, por exemplo.

Leia quantas páginas achar melhor sobre seu destino. Assista a vídeos. Procure em guias de viagem.

Seja criativo para que seu roteiro também seja. Veja só esta sugestão:

Cidade do Cabo pontos turísticos: the big 6

3- Hospedagem e alimentação

Variedade é a palavra de ordem atualmente.

Quando decide viajar, você pode optar por hospedagem tradicional, em hotéis e pousadas, ou ir além do clássico.

Durante o planejamento de sua viagem, você vai se deparar com várias opções. Alternativas como albergues, grupos de couchsurfing (nos quais você pode passar noites em sofás de moradores) e aluguel de casa ou apartamento já conquistam grande parte dos viajantes.

As principais vantagens de hotéis e pousadas tradicionais são as comodidades e a infraestrutura adaptada para viajantes.

Albergues ganham no preço e no compartilhamento com viajantes na mesma situação, principalmente quando se fica em quartos conjuntos.

O couchsurfing permite que você conheça e viva em uma casa de habitante local, possibilitando uma experiência cultural única. Um esquema parecido vale para alimentação.

Com dicas da internet e de moradores, dá pra fugir dos restaurantes mais movimentados e acabar conhecendo os espaços menos turísticos e mais a cara da cidade visitada.

Só não deixe de pesquisar sobre a culinária típica para não se arrepender de voltar para casa sem ter experimentado os melhores pratos.

Veja só algumas dicas:

4- Pé na estrada (ou nas nuvens)

Já com mais proximidade da data escolhida, o macete é check-list.

Afinal, como organizar uma viagem sem fazer uma listinha de tarefas?

Para a mala, para a hora da saída, para chegar com fácil acesso… Com a animação da viagem, tendemos a não lembrar com tanta facilidade de detalhes.

Por isso, uma ótima saída é deixar separado um papel com anotações sobre documentos necessários, tipos de roupa para cada dia planejado, dinheiro para pedágios ou lanchinhos rápidos…

Tudo o que for preciso para chegar ao destino sem se estressar com burocracia ou chamados da natureza.

Você pode também procurar modelos prontos de check-list na internet, como este aqui, montado pela Uatt.

Com tudo resolvido e o roteiro já em mãos (além de na cabeça, claro), fica ainda mais divertido e tranquilo curtir os momentos pelos quais você tanto esperou.

Nesse momento, o passo seguinte é só o de se jogar nas memórias que estarão sendo criadas.

Leia também: O que levar em uma viagem de 5 dias e voltar carregado de lembranças

Na dúvida do melhor destino para conhecer? Faça nosso QUIZ online e acabe com esse impasse:

Quer mais dicas de lugares para conhecer? Confira, então: