em EUA

Como conseguir uma bolsa de estudos nos EUA: 5 super dicas.

Como conseguir uma bolsa de estudos nos EUA é uma questão que muitos estudantes querem ver respondida. E o motivo é muito simples: este país é conhecido mundialmente pela alta qualidade de seu ensino superior. São mais 5 mil instituições acadêmicas espalhadas nos 50 estados dessa nação tão poderosa. No ranking das 500 melhores universidades do mundo, os Estados Unidos aparecem na liderança disparada como o país com mais universidades entre as 500 melhores.

Confira aqui o ranking completo de 2014.

Por isso, se você quer mesmo saber como conseguir uma bolsa de estudos nos EUA, confira nossas dicas.

Aliás, outro bom conselho é, antes de iniciar seu curso, fazer um intercâmbio de inglês nesse país e tentar conseguir o domínio total do idioma.

Faça seu intercâmbio nos Estados Unidos com a Descubra o Mundo.

Como conseguir uma bolsa de estudos nos EUA

Antes de darmos as dicas para você conseguir uma bolsa de estudos nos EUA, é importante que você já tenha escolhido uma faculdade preferida e uma lista de outras, para se candidatar a todas. Já tem isso em mente? Pesquise na internet as melhores universidades da sua área de interesse, baixe catálogos e, se puder, pergunte para pessoas que já estudaram por lá.

Se estiver com dificuldade de encontrar faculdades oferecendo bolsa nos EUA, aqui vai um bom site para pesquisar isso de forma ágil e intuitiva: http://www.hotcourses.com.br/usa/

1- Que documentos providenciar

A lista é um pouco longa e, as vezes, difícil de providenciar:

  • Comprovantes de todos os cursos que fez. Isto é: diplomas, históricos escolares e certificados de conclusão.
  • Cartas de recomendação de professores universitários mostrando porque acreditam que você pode ser um bom candidato a uma bolsa de estudos nos EUA.
  • Carta pessoal declarando porque você merece receber a bolsa de estudos nos Estados Unidos, porque escolheu aquela faculdade, dentro daquela universidade, e como você e a instituição poderão trabalhar em conjunto com ganhos mútuos.
  • Declaração de capacidade financeira, demonstrado que você tem total condição de se manter nos EUA como estudante.
  • Identificações pessoais: cópias de passaporte, habilitação para dirigir e outras, se necessário.

É evidente que tudo isso deverá estar traduzido corretamente por um tradutor juramentado. E fique atento: o mais importante destes documentos é a declaração pessoal de porque quer estudar naquela universidade. Capriche muito nela, com inglês perfeito!

É, se você quer realizar um sonho tão difícil como conseguir uma bolsa de estudos nos EUA, vai ter que se esforçar muito, isto foi apenas o começo de uma longa jornada.

Veja também: Como fazer intercâmbio nos Estados Unidos em 5 perguntas

2- Provas e testes obrigatórios

Apesar de você ter que enviar seu diploma de conclusão do ensino médio, ele não é reconhecido pelo governo americano como suficiente para conseguir uma bolsa de estudos nos EUA.

Você terá que fazer provas, algo semelhante ao nosso vestibular. Confira estes links com informações sobre as provas mais usadas pelas universidades dos EUA:

SAT

ACT

E tem mais: você precisa provar que fala e escreve em inglês direitinho para ter chance de estudar com bolsa nos EUA. Para isso, os testes mais comuns são:

IELTS

TOEFL

3- Como se inscrever

O mais provável é que tudo aconteça online. Você entra no site das faculdades a que quer se candidatar a uma bolsa de estudos nos EUA, se cadastra, lê tudo com atenção, preenche corretamente, envia documentos digitalizados, etc.

Muitas das universidades dos EUA que oferecem bolsa de estudos utilizam um site em comum, para facilitar a vida dos candidatos, confira:

www.commonapp.org

Veja mais: Escolas de inglês nos EUA: conheça as 14 melhores

4- Matrículas

Muito bem, se tudo deu certo e você recebeu um carta de Admissão na faculdade que queria, significa que entendeu direitinho como conseguir uma bolsa de estudos nos EUA.

Mas não descanse ainda! Já tem seu visto de estudante? Providencie com urgência!

Além disso, se matricular na instituição pode ser algo novo para você, confira as datas abaixo:

  • As inscrições costumam ser em janeiro, mesmo os cursos se iniciando muitas vezes em setembro!
  • O segundo semestre de aulas começa em janeiro ou fevereiro e a resposta sobre sua inscrição chegará em julho do ano anterior.
Confira: Saiba como tirar visto para Estados Unidos e viaje tranquilo

5- Escolhendo que matérias estudar

Diferentemente do Brasil, onde as grades de aulas são muito engessadas, com poucas matérias eletivas para se escolher, nos EUA é o aluno que escolhe as matérias que quer cursar. É claro que isso deve obedecer certos critérios e depende da orientação de professores.

O importante é não deixar tudo para a última hora e escolher algumas matérias a mais, caso você não seja aceito em alguma ou a classe esteja lotada.

Saiba mais: 10 bibliotecas imperdíveis nos EUA

Fizemos um bom resumo de como conseguir uma bolsa de estudos nos EUA. Mas é importante que você atente para o fato de que as universidades americanas são  muito exigentes em seus processos seletivos, principalmente se envolve conceder uma bolsa de estudos para os EUA. Fique atento a cada detalhe, não perca nenhum prazo, consiga as melhores cartas de recomendação que puder e, principalmente, escreva a melhor declaração pessoal de sua vida! Siga estas dicas e sua possibilidade de ser aceito numa bolsa nos EUA será muito grande. Boa sorte!