em Espanha

Dicas de Madri – Entenda como um espanhol aproveita sua cidade

Esqueça as revistas de turismo. Quem vai fazer um intercâmbio precisa de dicas de verdade! Para quem está pensando em estudar espanhol em Madri, esse post é leitura obrigatória. O alfitrião é Iván Herranz, um autêntico madrilenho de 26 anos, espanhol nascido na capital do país, torcedor fanático do Atlético de Madrid, que está morando no Brasil. Ele conversou conosco e deu dicas de Madri que você vai gostar.

Descubra a Espanha: toda boa de norte a sul

Dicas de Madri dadas por um autêntico madrilenho

Leia nosso bate-papo:

Na sua opinião, o que Madri tem que as outras cidades não têm?

Uma oferta de entretenimento, dificilmente comparável, para todos os públicos, gostos, bolsos e para qualquer hora do dia.

O que os jovens morando em Madri gostam de fazer no tempo livre? Quais são os programas mais populares?

¡”Botellón”! Hahaha. O botellón é a ação de ficar em grupos bebendo, em parques ou praças, antes de entrar em bares ou baladas. É uma opção muito popular entre os jovens por um motivo econômico. É barato e possível num país que, a níveis europeus, que tem um ótimo clima. O botellón está se tornando cada vez mais difícil pelas novas reformas legais que o perseguem, mas o espanhol se vira para beber na rua. O Faro de Moncloa é lugar de encontro aos fins de semana antes de entrar nas baladas da área, como Copérnico, Penélope ou Inn.

Iván e amigos | Foto: arquivo pessoal |Dicas de Madri
Iván e amigos
Foto: arquivo pessoal
Dicas de quem mora em Madri

Também é muito popular o “tapeo”. Existe um grande desconhecimento acerca das tapas. Uma tapa autêntica é gratuita! É uma pequena porção de comida tradicional espanhola como acompanhamento da bebida. Pagamos a bebida, mas a porção é de graça, mas escolhida pelo garçom. Os locais mais turísticos cobram pelas tapas aproveitando-se da sua fama internacional. Cada dia é mais comum encontrar cardápios de tapas em muitos bares/restaurantes. Mas uma dica de Madri para aproveitar a tapa tradicional é ir em botecos tradicionais, que são os que têm propaganda de toros, de futebol com as cores dos times ‘Real’ e ‘Atleti’, uma grande perna de porco pendurada no teto, garçom careca “pouco limpo” e caipiras cotucando os dentes com um palito e assistindo futebol. Isso é Espanha! Hahahaha. Nas ruas perto da Puerta del Sol, como a Carrera de San Jerónimo ou Tetuán, há muitos botecos deste tipo.

Tapas | Madri, Espanha |Dicas de Madri
Tapas
Dicas de Madrid, Espanha

Uma das dicas de Madrid é que nos meses de março e abril começa a temporada de “terraceo”. Na cidade, a primavera é ensolarada, mas não muito quente – um cenário perfeito para colocar as mesas no exterior dos bares de tapas. O espanhol não precisa de grande luxo: cerveja com tapa, sweater leve, óculos de sol e um agradável papo entre colegas até o cair do sol. Um bairro para o terraceo? La Latina.

Quais são as comidas e bebidas típicas de Madrid?

O cocido madrileño é o prato mais típico e famoso de Madri. É um prato pesado, por isso só o recomendo para almoçar. É composto de frango, carne bovina, chorizo, batata, fideos (macarrão), jamón (presunto), vegetais, garbanzos (grão de bico) e morcilla. Pode-se comer como único prato ou como três: sopa com os fideos e o caldo resultante, garbanzos com batata e vegetais e, o último, a carne com frango, chorizo, jamón e morcilla.

Cocido madrileño | Madri, Espanha |Dicas de Madri
Cocido madrileño
Madrid, Espanha
Dicas de Madri

Outra dica de Madri é aproveitar ao máximo os produtos mais típicos da Espanha, (facilmente encontrados na cidade) especialmente ibéricos variados [os ‘ibéricos’ são equivalente aos nossos ‘frios’ e são compostos especialmente por carnes de porco defumadas]. Exemplos: jamón, lomo embuchado, chorizo, salchichón, fuet, salami, cecina, morcilla, sobrasada. Também há a sangría, bebida espanhola feita de vinho com frutas, açúcar e canela. Tortilla de patata (espécie de omelete), croquetas (croquetes), boquerones (sardinha) em vinagre, toreras (espeto de azeitonas, cebola e pimentão), torreznos (torresmo)… Mmmmmm.

Em quais bairros é possível encontrar boas opções de restaurantes e bares não-turísticos, a preços acessíveis?

La Latina e Huertas.

Bairro La Latina | Madri, Espanha |Dicas de Madri
Bairro La Latina
Madri, Espanha
Foto: Siu Madrid
Dicas de Madri

Quais os bares e baladas mais populares entre os jovens de Madri?

no quesito bares e baladas minhas dicas de Madri são o bar: La Sureña, ao lado da Puerta del Sol, Gran Vía. Balada: Pachá, na rua Fuencarral, Metro Tribunal. E também Kapital, em Atocha. Em ambas têm que ir bem elegante (não pode entrar de tênis).

Governo espanhol congela taxas aeroportuárias até 2025

Como os madrilenhos vêm os estudantes estrangeiros?

A Espanha é o país da Europa que recebe maior número de estudantes de programas europeus de intercâmbio e é o país europeu com maior número de estudantes. Isso mostra a mentalidade aberta do espanhol. No ambiente universitário há muitos estrangeiros. Eles organizam festas temáticas onde você escutará linguas de todos os cantos do mundo. O programa de intercâmbio ‘Erasmus’ é o mais famoso da Europa.

Os nightclubs mais famosos de Madri organizam baladas ‘Erasmus’ de segunda a sexta-feira. A mais conhecida é a balada às segundas na sala Joy Eslava, rua Arenal, no centro. Os bairros perto de Ciudad Universitaria, como o Metropolitano ou Guzman el Bueno, também têm baladas muito populares, como a Ricorda, Cats ou Don Friolera (“el Donfri”). Madri é uma cidade muito cosmopolita e com muitos brasileiros.

Faça seu intercâmbio em Vancouver com a Descubra o Mundo.

Qual é o melhor bairro para um estudante estrangeiro morar em Madri? Por que?

O melhor bairro para um estudante morar em Madri é o Metropolitano porque fica perto de Ciudad Universitaria e tem muitas residências universitárias. Além disso, a maioria dos apartamentos são compartilhados por estudantes. Os bares dessa área são dedicados exclusivamente ao público universitário com preços populares e festas temáticas.

Na sua opinião, como a crise europeia tem afetado o país e, em especial, Madri?

Tópico delicado. A taxa de desemprego na Espanha é a mais alta da Europa e afeta especialmente os jovens. Além disso, existe muita precariedade no trabalho e existe uma economia “paralela”. Mas isso não tem efeito nos estrangeiros que vão lá para estudar. O que Madri precisa é exatamente isso: turismo, motor da economia espanhola. Madri está cada dia mais cara, mas continua sendo mais barata que outras grandes capitais europeias como Paris ou Londres.

 Veja também:  Madri numa boa

Do que você mais sente falta em Madri?

Do transporte público. É um modelo de nível nacional e internacional. Poucos metrôs do mundo são melhores do que o metrô de Madri, que chega a qualquer lugar, é rápido, seguro e limpo. No Brasil, usar carro é o mais cômodo, mas lá é o contrário porque é muito difícil achar estacionamento e os parkings do centro são caros. Sinto falta também da comida. O Brasil tem uma boa e variada gastronomia, mas para mim, é muito difícil achar produtos ibéricos que adoro como fuet e lomo embuchado. E é óbvio: o futebol. Adoro a ESPN Brasil e a cobertura que fazem da Liga Espanhola, mas nada como ir ao estádio Vicente Calderón, do lado do rio Manzanares, e curtir com a melhor torcida da Espanha. ¡Aupa Atleti!

Copa del Rey 2013 | Madri, Espanha |Dicas de Madri
Copa del Rey
Madri, Espanha
Foto: arquivo pessoal
Dicas de Madri

___

Gostou das dicas de Madri? Se você tem outras dicas ou mesmo dúvidas sobre estudar ou morar em Madri, escreva nos comentários abaixo :) Descubra Madri.

Conheça as 10 melhores cidades do mundo para estudar em 2015