em Espanha

7 curiosidades sobre Barcelona que você não sabia

Avisamos que a cidade tem MUITA informação, não é? Para que você chegue preparado no seu intercâmbio, preparamos uma lista com curiosidades sobre  Barcelona que você ainda não sabia.
Aproveite os descontos de intercâmbio da Descubra o Mundo.

7 curiosidades sobre Barcelona

Curiosidade1 – Sobre a coleta de lixo de Barcelona

A cidade conta com um moderno sistema de tubulações subterrâneas que “sugam” o lixo que, posteriormente, é levado a uma central de compressão e distribuição – a velocidade chega a 80 km/h! O sistema foi implementado no início da década de 90 e é mais uma mudança positiva gerada pelos Jogos Olímpicos de 1992. Por causa disso, é raro ver pelas ruas caminhões de lixo barulhentos (eles são usados eventualmente, apenas para complementar o serviço) e sacos plásticos. Como o lixo é coletado 24h por dia, não existe acúmulo.

Coleta subterrânea | Curiosidades sobre Barcelona
Coleta subterrânea
Curiosidades sobre Barcelona

Curiosidade 2 – Sobre os torcedores do Barça

Os torcedores do Barcelona F. C. são chamados de “culers”. Isso porque, há muito tempo, no antigo estádio de Les Corts os torcedores assistiam as partidas sentados num muro que cercava o campo. Do lado de fora, se via os “culos” (bundas, em catalão). Desde então, o apelido é usado.

 Veja também: Intercâmbio em Barcelona – 7 armadilhas a serem evitadas

Curiosidade 3 – Sobre o Camp Nou

O Camp Nou, maior estádio do mundo com capacidade para aproximadamente 98 mil torcedores, sofre com a sombra das arquibancadas, que estão muito próximas ao campo. Em alguns momentos, a sombra atrapalha a visibilidade dos jogadores e causa danos ao gramado. O frio também é mais intenso lá dentro. Além disso, é antigo (foi inagurado em 1957) e totalmente descoberto. Já existem em andamento projetos para a construção ou reforma de um novo Camp Nou, com capacidade para ao menos 105 mil espectadores.

Camp Nou | Curiosidades sobre Barcelona
Camp Nou
Curiosidades sobre Barcelona

Curiosidade 4 – Sobre ‘Vicky Cristina Barcelona’

Para que Woody Allen escolhesse Barcelona como protagonista de um de seus filmes, a cidade ofereceu 2 milhões de euros como incentivo – cerca de 10% do orçamento. Woody aceitou a proposta e adaptou o roteiro, cuja trama, inicialmente, se passaria em San Francisco (EUA). Assim, surgiu ‘Vicky Cristina Barcelona’. Outra curiosidades sobre Barcelona é que o cineasta nova-iorquino é tão querido que em Oviedo, cidade que também está no filme, existe uma estátua em homenagem a ele.

Conheça mais sobre a camaleônica Barcelona

Curiosidade 5 – Sobre o bairro GLS de Barcelona

Ser homossexual em Barcelona não é problema. A cidade (e seus habitantes) têm cabeça aberta há algum tempo. Parte do Eixample, bairro modernista da cidade, recebeu o apelido de “Gayxample”. O quadrilátero mais colorido é o das ruas Diputació, Balmes, Villarroel e Valencia. Por ali, casais gays passeiam com seus cachorros durante o dia e centenas de cata-ventos com as cores do arco-íris enfeitam as varandas dos edifícios. Nessa área, tem de tudo voltado exclusivamente ao público gay: bares, restaurantes, lojas, academias, hotéis e até agências de turismo.

Intercâmbios gay-friendly – Conheça 7 destinos

Curiosidade 6 – Sobre a Sagrada Família

O primeiro projeto da Igreja Sagrada Família não é de Gaudí. A igreja começou a ser construída em 1882 e tinha como responsável o arquiteto Francisco de Paula del Villar y Lozano. Aos 31 anos de idade, Gaudí assumiu o projeto e modificou completamente a versão original. Ele dedicou 40 anos de sua vida à Sagrada Família, sendo que os últimos 12 anos foram exclusivos. No templo religioso, inspirado em elementos da natureza, não há nenhuma estrutura completamente reta.

La Sagrada Família (interior) | Barcelona | Curiosidades sobre Barcelona
La Sagrada Família (interior)
Barcelona
Curiosidades sobre Barcelona

La Sagrada Família (interior) | Barcelona

Curiosidade 7 – Sobre Gaudí

Antoni Gaudí nunca teve uma saúde muito forte. Ainda criança, foi diagnosticado com reumatismo, doença que afeta músculos e articulações. Por causa das limitações da doença, não podia correr, nem brincar como as outras crianças. Por isso, desenvolveu bem outros sentidos – era muito observador e um grande admirador da natureza. Gaudí morreu atropelado por um bonde, em 1926. Ele foi enterrado exatamente na Capilla del Carmem dentro da Sagrada Família. O túmulo dele ainda permanece no local.

5 filmes para sonhar com a Espanha

Hora de ver pessoalmente todas as curiosidades de Barcelona! Descubra Barcelona.