em Documentação

Visto EUA – Como preencher o DS-160 passo a passo

Para entrar nos Estados Unidos – seja qual for a finalidade – é preciso ter visto e para ter um visto EUA, você precisa entender como preencher o DS-160, passo a passo.

Em janeiro deste ano (2014), houve um crescimento nas emissões de visto EUA no Brasil: 25% a mais do que no mesmo período de 2013. Segundo a missão diplomática norte-americana, no primeiro mês do ano foram processados 85.531 vistos. O governo norte-americano tem interesses em nós, brasileiros – especialmente, nos mais “gastões”. Por isso, são cada vez mais raros os casos de vistos negados sem motivos aparentes. Muita gente quer ir aos EUA e a maioria consegue.

O processo está mais simples e rápido. Mas ainda assim, vez ou outra, ouvimos falar em demora no atendimento, longas filas na porta do consulado e em histórias estressantes de documentos retidos. Não é o normal, mas pode acontecer. Burocracia, boa vontade e uma pitada de sorte fazem parte do jogo. Por isso, planeje-se: inicie os procedimentos com pelo menos três meses de antecedência da data do intercâmbio (o documento costuma sair BEM antes disso, mas, já sabe… Tudo pode acontecer!). JAMAIS pague nada referente a viagem antes da chegada do visto e, claro: leia e releia esse post várias vezes para não deixar nenhum papel para trás. Uma vez emitido, o visto vale por 10 anos.

painel_etapas visto

Confira o depoimento de quem já fez um intercâmbio no EUA com a Descubra o Mundo.

1.  Como preencher o DS-160 passo a passo

Antes de começar o preenchimento do formulário DS-160, tenha em mãos: uma foto digitalizada, passaporte, RG e visto antigo (se houver). O tamanho da foto para visto americano é de 600 x 600 com resolução mínima de 240 kb. Não precisa ser profissional, mas é importante que seja frontal, colorida e com fundo branco. Essa foto será usada para controle interno dentro do consulado (ainda não é a foto do visto EUA).

Reserve ao menos 2 horas para preencher (em inglês!) o formulário DS-160, que está disponível neste site. Logo no início, você terá de escolher onde deseja fazer a entrevista: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília ou Recife. Feito isso, a foto digitalizada deve ser carregada, clicando em “Test Photo”. Se o sistema aprovar, uma mensagem (“Photo test pass”) vai aparecer em verde, abaixo da imagem. Clique em “Continue using this photo” e “Start an Application”. A lista de perguntas é enoooooorme – vai desde sua formação até relações familiares. Conselho: ao preencher o DS-160 passo a passo, não minta, omita ou exagere. Fornecer informação falsa é crime e isso poderá prejudicar o restante do processo.

Ao preencher o formulário DS-160 você irá se deparar com uma perguntar sobre o propósito da viagem e que tipo de visto quer solicitar. Intercambistas usam o Visto F-1 (para escolas de idioma, universidades ou instituições acadêmicas), J-1 (para summer jobs, au pair ou estágios) ou, eventualmente, o M-1 (para cursos profissionalizantes, não-acadêmicos). Quem for aos Estados Unidos apenas a turismo (até 3 meses), deve pedir o Visto B-2. Veja outros tipos de visto e outras informações sobre como preencher o DS-160 passo a passo aqui.

Ao finalizar o preenchimento do formulário DS-160, um código de barras será emitido. É necessário imprimir o documento e guardá-lo com amor e carinho. Esse papel será necessário nas próximas etapas.

2.  Visto EUA passo a passo – Pagamento da taxa

Para vistos EUA que não exigem petição (como os casos citados acima – turismo, estudos e negócios), a taxa de solicitação (chamada de “MRV”) é de US$ 160. O pagamento pode ser feito com cartão de crédito pelo site ou por boleto bancário. Com o sistema vigente desde 2012, essa passou a ser a única taxa. A vantagem do cartão de crédito é que a aprovação sai na hora e você já pode marcar a entrevista.

3. Agendamento para entrevista e coleta de dados

Com o número do código de barras do formulário DS-160, o recibo de pagamento da taxa MRV e o passaporte em mãos, é hora de agendar as entrevistas. Isso pode ser feito pelo site ou pelo telefone. O tempo de espera para a entrevista varia de acordo com a época do ano e com o local escolhido (você deve escolher o mesmo consulado marcado no formulário DS-160). Primeiro, você agenda a data de entrevista no consulado. Em seguida, a data para coleta de dados (foto e impressões digitais) nos Centros de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV). Mas atenção: primeiro você deve ir ao CASV (para tirar a foto oficial e colher as digitais), e depois ao consulado. Ou seja, marque a entrevista no consulado em uma data POSTERIOR ao agendamento no CASV. Fique atento a isso!

4.  Visto EUA passo a passo – CASV

O próximo passo é comparecer a um dos CASV para coleta dos dados biométricos (impressões digitais e foto). O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira das 7h às 18h e aos domingos das 13h às 18h. Sempre com horário agendado previamente. Leve o passaporte válido, o visto antigo (se houver), a folha de confirmação do preenchimento do formulário DS-160 e a confirmação do agendamento no CASV. Não se esqueça desses documentos. Se você não levá-los, não poderá nem entrar no prédio (a conferência é feita na porta). Veja aqui os endereços dos centros de atendimento em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte e Brasília. Não é necessário chegar com tanta antecedência porque a entrada só é permitida 30 minutos antes do horário agendado.

5. Entrevista de solicitação de visto EUA

A entrega da documentação no CASV acontece em um dia e a entrevista no consulado em outro. Em ambos os locais, leve o mínimo possível com você – apenas os documentos e uma bolsa pequena. Alguns objetos não são permitidos e você terá de deixá-los no guarda-volumes (pago!). Documentos em mãos: passaporte válido, visto antigo (se houver), página de confirmação do formulário DS-160 com o código de barras. Documentos adicionais: servem para comprovar o que foi declarado no formulário – Ex.: comprovante de renda, carteira de trabalho, extratos bancários recentes, matrícula em universidade etc. Ou seja, tudo que demonstre os vínculos com o Brasil. Na maioria dos casos, esses documentos não são pedidos, mas a recomendação é que você os leve. Não é necessário levar passagem de ida e volta ou reserva em hotéis. Como já dissemos, o próprio consulado recomenda que você NÃO feche sua viagem ou intercâmbio antes do visto sair.

  • O que vão perguntar na entrevista?

Não existe um “roteiro”. Mas a entrevista costuma ser rápida, objetiva e aborda questões como: Você já esteve nos EUA?; O que pretende fazer no país?; Quantos dias vai ficar?; Já viajou para o exterior antes?; O que você faz no Brasil? Dica: Não enrole, nem responda mais do que foi perguntado. Não apresente documentos que não foram solicitados. Mantenha a calma e olhe sempre para o entrevistador.

Assim que o visto for aprovado, o consulado retém o passaporte para finalizar o processo. O documento será devolvido para o CASV ou para o endereço (da sua casa, escritório) designado por você durante o agendamento. O prazo médio para a chegada do visto é de 7 dias úteis.

  • E se o visto for negado?

Você pode fazer um novo pedido na semana seguinte, se quiser. No entanto, pagará uma nova taxa e deverá comprovar que houve alguma mudança em relação à solicitação anterior (apresentação de novos documentos, por exemplo).

__

Conclusão? O processo não é tão assustador quanto parece, mas também não é tão simples quanto poderia. Mas agora que você já sabe como preencher o DS 160 passo a passo, vá fundo: tire o visto EUA, planeje seu intercâmbio e Descubra os Estados Unidos.

Procurando opções de cursos ou escolas nos EUA? Confira nossas opções de pacotes para realizar essa aventura!

Veja também a experiência de alguém que escolheu a DMI para seu intercâmbio em Boston.

(Se tiver dúvidas, escreva aí em baixo ou contate a equipe DMI!)

Foto: Alamy
Foto: Alamy