em Documentação

22 perguntas sobre tirar o visto americano

Antes de fechar o seu intercâmbio para os Estados Unidos é preciso estar com a documentação em dia. O visto americano é um passo importantíssimo e deve ser solicitado antes da compra da passagem aérea e de outras despesas. Como as dúvidas são corriqueiras nesse processo, reunimos as 22 perguntas sobre tirar o visto americano.

Ah, as perguntas e respostas reunidas aqui interessam especialmente àqueles que querem fazer um curso de inglês nos Estados Unidos, ok? 

 1. Quanto custa tirar o visto americano?

O visto americano custa US$ 160,00 para turismo, estudos, intercâmbio ou negócios. Como a taxa MRV é em dólar, oscilações da moeda impactam diretamente no preço final.

2. Como posso pagar pelo visto americano?

O pagamento pode ser feito com cartão de crédito eletronicamente ou por boleto bancário. A vantagem do cartão de crédito é que a aprovação sai na hora e você já pode dar continuidade aos procedimentos, marcando a entrevista.

3. Para receber o visto em casa preciso pagar outra taxa?

Não. A taxa MRV é única independentemente da sua opção – buscar o visto em um CASV ou recebê-lo em casa.

4. É necessário ter alguém em casa para receber o visto?

Sim. A empresa de serviço postal realizará até três tentativas de entrega no endereço indicado por você. Caso não seja possível realizar a entrega, a remessa retornará para o consulado.

Na entrega residencial, o serviço postal apenas realizará a entrega da documentação para um adulto disposto a assinar o recebimento. Na entrega em um endereço comercial, o serviço postal entregará o visto a um funcionário autorizado a assinar pela remessa.

5. Qual tipo de visto deve ser solicitado para quem for fazer intercâmbio nos EUA?

Em geral, intercambistas que desejam fazer um curso de inglês devem solicitar o visto de Estudante F-1.

Leia ainda: Tipos de visto americano

6. Vou fazer intercâmbio nos EUA de curta duração (até 3 meses). Qual tipo de visto devo solicitar?

Se o curso tiver carga inferior a 17 horas semanais (part time) pode ser solicitado o visto de Turismo e Negócios – B1/B2. Porém, se o curso for regular ou intensivo, com mais de 17 horas semanais, é obrigatório solicitar o visto de Estudante F-1.

7. Vou fazer um curso de inglês intensivo de duas semanas. Qual tipo de visto devo solicitar?

Cursos intensivos têm carga horária superior a 17 horas. Portanto, nesse caso, o visto deve ser o de Estudante F-1 – ainda que o curso seja rápido, de duas semanas, por exemplo.

8. Quais são as principais etapas para tirar visto americano?

As principais etapas são:

  1. Preencher eletronicamente o formulário DS-160;
  2. Pagar a taxa MRV;
  3. Fazer os agendamentos;
  4. Ir ao CASV com documentos colher as digitais e tirar a foto;
  5. Comparecer à entrevista no consulado.
Mais detalhes: Como tirar visto americano passo a passo
Visto EUA – como preencher o DS-160 passo a passo

9. No CASV: O que não é permitido?

No CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto), você pode entrar de bolsa ou mochila, mas os aparelhos eletrônicos devem permanecer desligados durante todo o processo.

Experiência pessoal: Tirando o visto EUA em São Paulo

10. Na entrevista no consulado: o que não é permitido?

No consulado americano, as regras são mais rígidas. É permitido entrar de bolsa ou mochila, mas são proibidos quaisquer aparelhos eletrônicos (celular, tablet, mp3, fones de ouvido, pendrives etc.), mesmo se estiverem desligados.

Dica: Leve com você apenas o necessário. Evite entrar no consulado com muitos acessórios ou objetos. Você passará por revistas e pelo raio-X. Por isso, quanto menos, melhor!

Consulado dos Estados Unidos em São Paulo | Foto: Paloma Domingues/Descubra o Mundo
Consulado dos Estados Unidos em São Paulo
Foto: Paloma Domingues/Descubra o Mundo

11. Onde posso deixar meu celular durante a entrevista no consulado?

Há vários lugares em frente ao consulado que oferecem o serviço de guarda-volumes. Você pode deixar os pertences nos armários. Os preços variam, aproximadamente, de R$ 5 a R$ 10.

12. Não tenho passaporte. Posso solicitar o visto americano mesmo assim?

Não. O número do passaporte é solicitado diversas vezes ao longo do processo – inclusive durante o preenchimento do formulário DS-160. Por isso, tire o passaporte antes de solicitar a emissão de visto. Se já tiver passaporte, verifique a validade.

Como tirar o passaporte: veja o passo a passo
Passaporte válido por 10 anos, o que mudou?

13. Qual é a validade do visto americano?

O visto americano é válido por dez anos.

14. O meu passaporte vai expirar, mas meu visto americano ainda não. Como proceder?

Nesse caso, você terá que viajar com os dois passaportes. Um deles é o passaporte novo e o outro é o passaporte antigo, que contém a página de visto válido. Esse procedimento deve ser repetido até quando seu visto for renovado.

15. Preciso mesmo digitalizar uma foto minha durante o preenchimento do DS-160?

O upload da foto durante o processo é opcional – apesar de aparecer na tela como requerido. Isso porque hoje a foto é tirada diretamente no CASV, juntamente com a coleta das digitais (biometria). Por isso, não há problema se não incluir uma foto.

16. Posso agendar o CASV e o consulado no mesmo dia?

Não. É possível marcar em dias consecutivos, mas não no mesmo dia. Lembramos que o CASV funciona de segunda a sexta-feira das 7h às 18h e aos domingos das 13h às 18h. O agendamento aos domingos é uma boa!

17. Quais documentos devo levar na entrevista?

O solicitante do visto deve levar documentos que demonstrem vínculos com o Brasil. Tudo isso para indicar que o viajante não tem intenções de fixar-se nos Estados Unidos de forma ilegal. Por isso, separe e leve com você documentos que contenham o seu nome, como: matrícula em cursos/universidade, contrato de compra de imóveis, contrato de aluguel, documento de carro, certidão de casamento, extratos bancários, holerite, carteira de trabalho registada ou contrato social etc.

Saiba como tirar visto para Estados Unidos e viaje tranquilo

18. Quais documentos serão solicitados na entrevista?

Por segurança, você deve levar a maior quantidade possível de documentos que comprovem vínculos com o país (veja quais são na pergunta acima). O cônsul pode pedir para verificar tais documentos ou não. Ainda que não sejam solicitados, é importante estar com eles em mãos.

Dicas: Mostre apenas os documentos que forem pedidos. Não é obrigatório (nem recomendável) ter a passagem aérea antes de o visto ser solicitado. Por isso, não é necessário apresentá-la na entrevista.

19. O que será perguntado na entrevista?

A entrevista pode ser mais longa ou bem rápida. De todo o modo, não costuma durar mais do que alguns minutos. Prepare-se para responder perguntas como essas:

  • Você já foi para os Estados Unidos antes?
  • O que pretende fazer nos Estados Unidos?
  • Onde irá se hospedar?
  • O que você faz no Brasil?
  • Já se formou na faculdade?
  • Quando pretende viajar e quanto tempo vai ficar?

Dicas: Responda apenas o que lhe for perguntado, seja direto nas respostas e não entre em detalhes desnecessários.

20. O que acontece depois da entrevista?

O cônsul vai lhe informar se o seu visto foi concedido ou não. Se a resposta for positiva, o seu passaporte fica no consulado, pois o visto é anexado ao documento. Após a entrevista, você é liberado e deve aguardar a emissão do documento, que será recebido em casa ou buscado diretamente no CASV (você escolhe o que for mais conveniente).

21. Como a agência Descubra o Mundo pode auxiliar na solicitação do visto americano?

A agência Descubra o Mundo dá todo o suporte necessário ao intercambista, tirando dúvidas e dando orientações sobre a documentação. A equipe auxilia também na conferência de documentos que devem ser anexados ao processo. Ainda assim, o cliente deve comparecer pessoalmente ao CASV e ao consulado para a entrevista. Vale lembrar que o auxílio profissional não garante que o visto será aprovado.

22. Quais são os principais motivos de recusa do visto americano?

O processo de emissão do visto costuma ser tranquilo e são raros os casos de recusa. Mas, atenção: nem ninguém pode garantir que seu visto seja concedido (desconfie de empresas ou despachantes que falam isso). De todo o modo, conhecer os motivos mais comuns de recusa são uma boa estratégia para se prevenir. Veja quais são:

  1. Ausência de documentos que comprovem vínculos (família, emprego, bens) com o Brasil;
  2. Falta de recursos financeiros para a viabilização da viagem. Essa comprovação se faz por meio da apresentação de documentos como holerite, extratos bancários e declaração de Imposto de Renda;
  3. Erros ou discordância das informações prestadas no preenchimento do formulário DS-160;
  4. Ser considerado inelegível ao Visto Americano. É o caso de pessoas portadoras de doenças infectocontagiosas, condenados de crimes, deportados dos Estados Unidos;
  5. Má conduta na entrevista consular, caracterizada, por exemplo, por brincadeiras, excesso de nervosismo ou ausência de respostas às perguntas do entrevistador.
Mais: Assista o webinar EUA e tire todas as suas dúvidas

Lembre-se: a agência Descubra o Mundo dá todo o suporte aos intercambistas que forem estudar nos Estados Unidos – inclusive, durante o processo de emissão do visto americano. Consulte a equipe para saber mais detalhes e embarque tranquilo!