em Canadá

7 requisitos para fazer mestrado no Canadá

Fazer um mestrado no Canadá é um objetivo ambicioso e desafiador. Vai demandar muito estudo e dedicação dos candidatos. Mas quem tem vontade de realizar um sonho, não se intimida com as dificuldades. Se este é o seu caso, leia atentamente esta postagem onde detalhamos sete condições importantes que você terá que concretizar para poder fazer um mestrado no Canadá.

Veja também: Faculdades no Canadá, descubra as melhores

7 dicas para fazer mestrado no Canadá

1- Domínio do idioma

Quem pretende fazer um curso de mestrado não pode achar que vai aprender a língua do país durante o curso. Isso é impossível. Portanto, antes de pensar em qualquer outra providência, verifique se seu nível de inglês ou francês, dependendo da faculdade no Canadá onde vai fazer mestrado, é suficiente para ser aceito no curso. A melhor opção é fazer um curso de intercâmbio em língua estrangeira alguns meses antes de iniciar seu mestrado no Canadá. O tempo de duração do curso só vai depender do seu domínio inicial do idioma.

Faça seu intercâmbio no Canadá com a Descubra o Mundo.

2- Notas da Graduação

Na verdade, trata-se do GPA, ou Grade Point Average, um escala canadense que vai de 0 a 4. Você terá que converter suas notas para essa escala. Diversas universidades do pais fornecem links na internet para que você possa fazer essa conversão de suas notas ou entender os procedimentos para isso, veja alguns:

GPA Calculator

GPA universidade de Concordia

GPA Queen’s University

GPA Universidade de Toronto

Confira: Universidades em Vancouver: conheça as 5 melhores

3- Provas de admissão

Para fazer mestrado no Canadá nem sempre é preciso se submeter a essas provas. Depende da universidade que for cursar. No caso de cursos de Administração, Direito e Medicina, sempre são  necessárias. Essas provas são feitas em computador, de forma automatizada, e é até possível fazer isso no Brasil.

4- Cartas de recomendação

Existe todo um protocolo de como os professores devem preencher essas cartas de recomendação sobre você. É preciso enviar o email profissional do professor para a universidade, que entrará em contato com ele por meio de um processo online. Por isso, é importante que você se relacione bem com seus professores, principalmente de nível internacional, e peça que eles preencham as recomendações.

Veja mais: Estudar em Toronto: conheça as 3 universidades da cidade

5- Declaração pessoal de vontade

Nesta carta você vai explicar porque escolheu aquela universidade, que trabalho e pesquisa pretende desenvolver, porque está qualificado para isso, que trabalhos ou artigos já escreveu sobre o assunto, que professores da universidade podem ajudá-lo nesse projeto etc. Seja objetivo e mostre que está qualificado e motivado para fazer o curso.

6- Exemplo de material escrito

Claro que se você já publicou um artigo isso vai contar pontos. Mas não precisa ter sido publicado, pode até mesmo ser um trabalho de conclusão de curso ou de disciplina. O importante é que esteja realmente muito bem escrito. Peça para um bom professor avaliar para você antes de enviar.

Saiba mais: Quanto custa para fazer intercâmbio no Canadá? Confira os preços.

7- Documentos necessários

Entre outros, providencie cópias de:

  • Diplomas
  • Certificados
  • Históricos escolares

Tudo deve ser convertido ao inglês por um tradutor juramentado.

Já está sabendo tudo sobre cursos de mestrado no Canadá? Quer mais informações e conteúdo qualificado sobre esse país? Pesquise a vontade em nosso blog e Descubra o Mundo!